ACIDENTE

DF: pintor sofre choque elétrico e é levado ao hospital em estado grave

O profissional foi encaminhado para o Hospital Regional do Paranoá após sofrer parada cardíaca e ser reanimado no local do acidente

Edis Henrique Peres
postado em 09/03/2021 18:39 / atualizado em 09/03/2021 19:10
Homem de 35 anos foi para hospital em estado grave -  (crédito: CBMDF/Divulgação)
Homem de 35 anos foi para hospital em estado grave - (crédito: CBMDF/Divulgação)

Após ser reanimado por 60 minutos, parada cardíaca de vítima de choque elétrico é revertida por bombeiros. O caso aconteceu com um pintor de 35 anos, na manhã desta terça-feira (9/3), por volta das 10h. Francisco realizava um serviço de pintura quando teve que acessar, por um alçapão, a laje de uma casa de dois pavimentos localizada na Quadra 22 do Paranoá.

Nesse momento, a haste do rolo de pintura tocou a rede elétrica pública e produziu uma descarga elétrica. O homem sofreu queimaduras nos membros superiores e tórax, além de uma parada cardíaca. Foi o ajudante do pintor que acionou o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) para pedir socorro.

A primeira equipe de Bombeiros que chegou ao local conseguiu descer Francisco das telhas e o posicionou entre a laje e o telhado para dar início à reanimação. O CBMDF enviou, também, outros recursos para oferecer um suporte avançado de vida e possibilitar o resgate total do telhado.

Os bombeiros realizaram o procedimento por 60 minutos, com revezamento entre as equipes, até conseguirem reverter a parada cardíaca e estabilizar o paciente. A vítima foi colocada em uma prancha de imobilização e resgatada do telhado.



“O sucesso na reversão de um quadro de parada cardíaca decorre de diversos fatores, dentre eles a oferta de manobras de ressuscitação cardiopulmonar de qualidade, com suporte avançado de vida integrado ao socorro. A integração de recursos humanos e materiais entre o CBMDF e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) permitiu iniciar rapidamente as manobras, pousar o helicóptero em um local difícil, transportar médica e enfermeira até a cena e perseverar nos procedimentos até que o paciente pudesse ser resgatado”, informa os bombeiros.

O pintor foi transportado para o Hospital Regional do Paranoá em estado grave e o local do acidente ficou aos cuidados da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Como pedir ajuda

Em casos de acidentes, é possível pedir ajuda para o Samu, pelo número 192 e também para os Bombeiros, pelo 193. Em caso de ocorrências policiais, basta ligar ao 190. É importante lembrar que é essencial ter esses números salvos nos aparelhos celulares e também anotados em locais visíveis da casa, como pendurados por imãs na geladeira, justamente para possibilitar um pedido rápido de socorro.

 

  • Homem de 35 anos foi para hospital em estado grave
    Homem de 35 anos foi para hospital em estado grave CBMDF/Divulgação
  • Pintor sofre choque elétrico e é levado ao hospital em estado grave.
    Pintor sofre choque elétrico e é levado ao hospital em estado grave. Divulgação/CBMDF

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE