Segurança Pública

Novo secretário de Segurança Pública do DF defende imunização de policiais

Júlio Danilo assumiu a pasta após a saída de Anderson Torres para o Ministério da Justiça. Segundo Danilo, a secretaria irá dar continuidade ao trabalho realizado por Anderson, além de aprimorar as ações da pasta para um melhor desempenho do setor

Edis Henrique Peres
postado em 05/04/2021 15:37
Júlio Danilo foi o entrevistado desta segunda no CB. Poder -  (crédito: Marcelo Ferreira)
Júlio Danilo foi o entrevistado desta segunda no CB. Poder - (crédito: Marcelo Ferreira)

A vacinação do grupo das forças de segurança pública começou nesta segunda-feira (5/4) com 2.310 doses disponíveis para serem aplicadas. Na avaliação de Júlio Danilo, o novo secretário de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), a imunização dos profissionais que atuam, desde o começo da pandemia, na proteção e atividades contra o novo coronavírus é primordial.

As forças de segurança, durante a pandemia, não pararam em nenhum momento. Algumas classes tiveram a possibilidade de se afastar, realizar o teletrabalho e desenvolver as suas atividades de outra forma, mas as forças de segurança e o pessoal de saúde esteve o tempo todo na linha de frente. É justo e necessário que a imunização deles começasse”, explicou.

O secretário da SSP-DF foi entrevistado nesta segunda-feira (5/4) no CB Poder — uma parceria do Correio Braziliense com a TV Brasília. Entre os temas tratados, Danilo comentou a exoneração do comandante-geral da Polícia Militar do DF (PMDF), Julian Rocha Pontes, após furar a fila da vacina.

“O Pontes fez um trabalho exemplar frente a PM e tem a admiração dos policiais militares e o nosso respeito. A vacinação dele ocorreu, talvez, em um momento inoportuno, até porque as regras não impediam que ele fosse vacinado, elas não estavam claras. O que estamos fazendo, e fizemos neste último fim de semana, é criar critérios mais objetivos para que as forças de segurança tenham acesso às doses remanescentes”, esclareceu.

Continuidade na nova gestão

Júlio Danilo assumiu o comando da SSP-DF após Anderson Torres ser nomeado como o novo ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em anúncio da Presidência da República na última segunda-feira (29/3). Segundo Danilo, a intenção é dar continuidade e aprimorar o trabalho que era realizado por Anderson durante o período que esteve no comando da pasta.

“O Anderson teve um resultado muito bom devido à habilidade dele de trazer integração às forças de segurança. E essa coordenação é muito importante, claro que cada instituição atua dentro de sua área de atribuição, mas essa ação deve ser coordenada”, pontuou.

Para o novo secretário, o objetivo dos agentes, independente do órgão do qual façam parte, é melhorar a segurança pública para a comunidade do DF e, por isso, ação integrada é o melhor caminho.

“Estando juntos nós somos mais fortes. A antiga rixa entre Polícia Militar e Polícia Civil é algo superado, mas tem que ser cultivado no dia a dia. Esse é um esforço dos dirigentes das forças de segurança e a nossa intenção é dar continuidade a esse trabalho. O nosso programa de ação já está todo escrito e pautado em planejamento: nós estudamos os casos, estabelecemos metas e avaliamos os resultados. A partir disso, redirecionamos o que é necessário. O nosso trabalho, daqui para frente, é dar continuidade e aperfeiçoamento ao serviço da Secretaria”, finalizou.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE