Trânsito

Detran flagra 81 motoristas dirigindo alcoolizados no fim de semana

Operação Toque de Recolher parou 511 veículos, e 16% dos condutores haviam ingerido bebida alcoólica

Edis Henrique Peres
postado em 27/04/2021 21:00
A maior quantidade de flagrantes ocorreu em uma blitz na noite de domingo (25/4), realizada com o apoio da Polícia Militar na Vila Planalto -  (crédito: Detran/Divulgação)
A maior quantidade de flagrantes ocorreu em uma blitz na noite de domingo (25/4), realizada com o apoio da Polícia Militar na Vila Planalto - (crédito: Detran/Divulgação)

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), entre as noites de quinta-feira (22/4) e de domingo (25/4), flagrou 81 motoristas dirigindo alcoolizados. O número representa 16% dos 511 veículos abordados durante as blitzes da Operação Toque de Recolher.

A autarquia explica que as operações acontecem todos os dias, entre 22h e 5h, nas quais os motoristas são parados pelos agentes de trânsito e orientados a irem para suas casas ou trabalho. Contudo, em casos de irregularidades, é aplicado autuações de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Vale lembrar que o CTB considera infração gravíssima conduzir veículo sob influência de álcool ou outra substância entorpecente. Além dos motoristas alcoolizados, o Detran também autuou 26 condutores que não possuíam habilitação, 14 com escapamento da motocicleta adulterado e 113 por infrações diversas. Também houve o recolhimento de 40 veículos para o depósito do departamento.

A maior quantidade de flagrantes ocorreu em uma blitz na noite de domingo (25/4), realizada com o apoio da Polícia Militar na Vila Planalto. Ao todo, dos veículos parados pela fiscalização, 61% tinham ingerido bebida alcoólica, sendo 27 dos 44 condutores abordados entre 20h e 22h30.

Para o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Lúcio Lahm, a quantidade de motoristas embriagados na Vila Planalto foi motivo de surpresa. “Foi em uma proporção de praticamente dois a cada três veículos abordados. Infelizmente, muitos condutores ainda não se conscientizaram da gravidade que é dirigir após o consumo de bebida alcoólica. Ainda bem que conseguimos tirá-los da direção de seus veículos antes que ocorresse um acidente com final trágico”.

Bebida ao volante

Hartmut Gunther, professor do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho da UnB, salienta que os motoristas costumam pensar no prazer imediato e se esquecem dos riscos a longo prazo. "Os condutores pensam que será apenas um gole, depois bebe mais outro e outro, e não analisam o fato de que qualquer quantidade de bebida é o suficiente para retardar os reflexos. Além disso, nem sempre as consequências são imediatas. Muitas vezes, quando o carro é apreendido, um familiar habilitado conduz o veículo até em casa para essa pessoa, que não chega sequer a passar, vamos assim dizer, um período na cadeia. Ou seja, há uma ideia de que não existe punição, ou ao menos que a punição não vai alcançá-lo. E claro, as pessoas nunca acreditam que um acidente pode acontecer com elas, que simplesmente por ter bebido um gole, elas irão pegar o carro e causar a morte de outra pessoa, por exemplo”, pontua.

Como alternativa, Gunther sugere adotar o "motorista da vez". "Separar o amigo da turma que não vai beber naquele passeio para conduzir o carro e todos chegarem em casa de maneira segura é uma maneira de se evitar muitos acidentes. E isso deve ser uma responsabilidade social também. Muitas vezes o grupo coloca pressão sobre alguém que não vai beber porque vai voltar dirigindo para casa, e isso é muito grave. Na Alemanha, por exemplo, os bares se tornam co-responsáveis por acidentes se verem um cliente embriagado saindo do local com a chave do carro, pois eles não agiram para impedir uma situação de risco", explica.

Outros cuidados

Além de não ingerir bebida alcoólica quando for dirigir, o Detran também recomenda atenção no funcionamento do carro, como, por exemplo, qual o estado geral de conservação do veículo, como estão os sistemas de freio, a iluminação e o estado dos pneus. O órgão destaca que é importante respeitar a sinalização de trânsito, manter distância dos outros veículos e ciclistas e ter atenção aos pedestres.

Locais de operação:

  • Vila Planalto
  • Sobradinho
  • Guará
  • Taguatinga
  • Recanto das Emas
  • Setor Policial Sul
  • Gama
  • Ceilândia
  • Noroeste
  • Asa Norte
  • Itapoã
  • Vicente Pires
  • Riacho Fundo 2
  • Candangolândia
  • Brazlândia
  • Jardim Botânico

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE