Atropelamento

Criança morre após ser atropelada em Samambaia

Garoto tinha apenas três anos. O condutor do veículo, um caminhão Mercedez Benz amarelo, prestou socorro.

Correio Braziliense
postado em 01/05/2021 21:20 / atualizado em 01/05/2021 22:01
 (crédito: Mike/ Pexels)
(crédito: Mike/ Pexels)

Uma criança de três anos morreu após ser atropelada por um caminhão, no final da tarde deste sábado (1º), na QR 323 de Samambaia. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o resgate foi acionado por volta das 17h49, mas o menino não resistiu, e faleceu no local. O condutor do veículo, um caminhão Mercedez Benz amarelo, prestou socorro.

Histórico violento

No dia 11 de abril, uma jovem de 21 anos e o filho, um menino de quatro, foram atropelados por um motociclista, na Via Leste, em Ceilândia Sul. Após o impacto, a mulher sofreu uma parada cardiorrespiratória, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A criança foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Após 16 dias de internação, o pequeno Tharick Lendro,voltou para casa na última terça-feira (27), e será cuidado pela avó, Rosângela Alves dos Santos Barros.

Faixa de pedestre

As tragédias contrastam com o título de capital da travessia segura. Há 24 anos, em abril de 1997, tinha início a campanha educativa para o uso da faixa de pedestres. Motivo de orgulho para o brasiliense, a cidade ganhou os noticiários pela boa prática. Em mais de duas décadas, os números são positivos e a redução nas mortes por atropelamentos chega a 83%. Em 1996, o número de vítimas fatais em atropelamentos no DF foi de 266 pessoas. Em 2020, 44. Dados que reforçam a importância de campanhas constantes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE