POLÊMICA

CBMDF apura denúncia de assédio moral em cerimônia da corporação

Durante o evento, duas militares teriam sido expulsas do auditório no qual ocorria formatura do Curso de Altos Estudos para Praças, em 8 de abril

Caroline Cintra
postado em 04/05/2021 18:24
 (crédito: CBMDF/Divulgação)
(crédito: CBMDF/Divulgação)

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) apura uma denúncia de assédio moral de duas militares que teriam sido expulsas do auditório no qual ocorria a cerimônia de formatura do Curso de Altos Estudos para Praças, em 8 de abril.

Em nota, o CBMDF informou que, por determinação do comandante-geral da corporação, a denúncia foi encaminhada à Corregedoria/Controladoria, onde será realizada a abertura de procedimento apuratório para que os relatos presentes na denúncia sejam esclarecidos e elucidados, assim, podendo esta Instituição tomar as medidas cabíveis e pertinentes ao caso.

“Informamos ainda, que o CBMDF não compactua com nenhum tipo de assédio seja ele moral ou de qualquer natureza, primando não somente pelo bem da sociedade civil, mas também zelando pela conduta ilibada e exemplar da sua tropa, à luz dos regulamentos legais que nos norteiam e que padronizam tanto nossos uniformes quanto nossa conduta”, diz o texto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE