CAMPANHA

Covid-19: vacinação de professores de creches será perto do trabalho

Segundo o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, a Secretaria de Educação vai fornecer uma lista com nome e local de trabalho que, a partir do documento, vai direcionar a vacinação

Samara Schwingel
postado em 17/05/2021 16:23 / atualizado em 17/05/2021 17:52
A princípio, não haverá agendamento para os professores  -  (crédito: Adauto Cruz/CB/D.A Press)
A princípio, não haverá agendamento para os professores - (crédito: Adauto Cruz/CB/D.A Press)

A vacinação contra covid-19 dos profissionais que trabalham em creches do Distrito Federal será organizada a partir de uma lista. A ideia é que este público seja vacinado em pontos próximos aos locais de trabalho. Serão vacinadas cerca de 10 mil pessoas entre instituições da rede pública e privada.

Segundo o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, a Secretaria de Educação passará uma lista com os nomes e locais de trabalho dos professores. A partir do documento, a Secretaria de Saúde vai direcionar os profissionais para os pontos de vacinação mais próximos.

A princípio, não haverá agendamento para os professores e não será necessário nenhum tipo de comprovação específica. A divulgação foi feita na tarde desta segunda-feira (17) durante coletiva no Palácio do Buriti. 

A expectativa é que a imunização deste público tenha início na quinta-feira (20/5), mas pode ser antecipada. Serão utilizadas, principalmente, doses da AstraZeneca, uma vez que a Pfizer será utilizada para grávidas e puérperas com comorbidades. A maioria das doses de CoronaVac está reservada para a segunda dose.

Na última semana, o DF recebeu 49,9 mil doses de vacinas. Esta semana, a capital federal espera receber mais 85,2 mil doses de vacinas, sendo 8,1 mil doses da Pfizer, 30,1 mil da AstraZeneca para D1 e 47 mil reservadas para D2.

Anteriormente, durante a coletiva, os gestores haviam informado que o DF receberia 76,6 mil doses. Após o evento, os números foram revistos e corrigidos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE