Saúde

Covid-19: Servidores de creches começam a ser vacinados na quinta (20/5)

Ao Correio, o governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que, com 85,2 mil doses que devem chegar esta semana, professores de creches e pessoas com comorbidades a partir de 30 anos serão inseridas no público alvo da vacinação

Samara Schwingel
postado em 17/05/2021 13:32 / atualizado em 17/05/2021 14:26
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou, nesta segunda-feira (17/5) que, ainda esta semana professores de creches e pessoas com comorbidades de 30 a 49 anos devem ser inseridas no público alvo da campanha de vacinação contra a covid-19. A ampliação poderá ser feita a partir do recebimento de 85,2 mil imunizantes que serão entregues pelo Ministério da Saúde. 

O Secretário de Educação, Leandro Cruz, antecipou que o plano de vacinação dos educadores do DF teria início por aqueles que lidam com crianças menores. Segundo a pasta, esse público é composto por cerca de 10 mil pessoas. O governador afirmou ao Correio que a expectativa é que essa nova etapa da campanha tenha início até quinta-feira (20/5).  

Comorbidades

A previsão do Ministério da Saúde é que as doses comecem a ser distribuídas para as unidades da Federação a partir desta terça-feira (18/5). Assim, após chegarem, a Secretaria de Saúde local deve abrir o agendamento para as pessoas com comorbidades na faixa etária de 30 a 49 anos definirem a data, horário e local de vacinação. 

Por ora, trabalhadores da saúde, forças de segurança, idosos até 60 anos, pessoas com comorbidades de até 50 anos e mulheres grávidas e puérperas com doenças crônicas, por exemplo, podem se vacinar. Apenas os idosos, grávidas e mulheres até 45 dias após darem à luz não necessitam de agendamento. As pessoas com comorbidades podem se cadastrar e agendar a vacinação por meio do site: vacina.saude.df.gov.br. As categorias profissionais precisam aguardar a abertura de vagas específicas para poderem agendar a imunização. 

Quem recebeu a primeira dose e deseja tomar a segunda, basta comparecer ao local indicado no dia marcado no cartão de vacinação. Não é preciso agendamento. 

Até este domingo (16/5), o DF já havia recebido 1.064.240 doses de vacinas contra o coronavírus. Com isso, 18,19% da população da cidade foi imunizada com a 1ª dose e outros 9,55% completaram a vacinação.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE