investigação

Operação da PF contra corrupção mira Tribunal de Contas do DF

Suspeita é de que agentes públicos e empresários estejam envolvidos em esquema de pagamento de propina em favor de interesses privados junto ao TCDF

Jéssica Moura
postado em 26/05/2021 08:56 / atualizado em 26/05/2021 12:02
 (crédito: Ed Alves/CB / DA Press)
(crédito: Ed Alves/CB / DA Press)

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (26/5), a Polícia Federal deflagrou a Operação Pacare, para investigar casos de corrupção no Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) envolvendo agentes públicos e empresários.

A apuração mira a prática de crimes como peculato, emprego irregular de verbas ou rendas públicas, corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e falsidade ideológica.

A suspeita é de que houve pagamento de propina para a quitação de empenhos a margem dos requisitos legais e até intermediação e patrocínio de interesse privado junto ao TCDF.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou o cumprimento de 8 mandados de busca e apreensão, cumpridos no DF por 32 policiais federais, já que dois inquéritos policiais relacionados aos casos tramitam na corte.

Procurado, o TCDF ainda não se manifestou sobre o caso. O órgão é um dos responsáveis pela fiscalização orçamentária e financeira da administração pública no DF.

Durante um evento na manhã desta quarta, o governador Ibaneis Rocha (MDB) comentou o caso. "Eu tenho uma parceria muito forte com o Tribunal de Contas do Distrito Federal, tem ajudado muito porque não tem travado as licitações das obras, mas tem que ser apurado melhor para saber o que está acontecendo", disse.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE