Chacina

PCDF divulga projeção de disfarces que Lázaro Barbosa pode usar

Laboratório de Representação Facial Humana elaborou possíveis disfarces que suspeito de Chacina em Ceilândia pode utilizar

Edis Henrique Peres
postado em 16/06/2021 17:52
PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga -  (crédito: PCDF/Divulgação)
PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga - (crédito: PCDF/Divulgação)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou, na tarde desta quarta-feira (16/6), uma projeção de disfarce que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, pode utilizar em tentativas de fuga. O objetivo é que a população se atenha aos detalhes e ajude a polícia com denúncias sobre o caso.

O projeto foi elaborado pelo Instituto de Identificação, por meio do Laboratório de Representação Facial Humana. As denúncias podem ser feitas através do Disque Denúncia 197 e a ligação será mantida em sigilo.

 

  • PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga
    PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga PCDF/Divulgação
  • PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga
    PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga PCDF/Divulgação
  • PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga
    PCDF divulga projeção de disfarce facial que Lázaro Barbosa pode utilizar em fuga PCDF/Divulgação

Entenda

Lázaro Barbosa é suspeito de ter assassinado, na madrugada de quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal, 48, e os filhos Carlos Eduardo Marques Vidal, 21, e Gustavo Marques Vidal, 15. O homem, na ocasião, sequestrou Cleonice Vidal, matriarca da família, que foi encontrada apenas no sábado (12/6), já sem vida.

Atualmente, cerca de 200 policiais atuam nas buscas pelo criminoso, que já duram oito dias.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE