Previsão do Tempo

Massa de ar seco volta ao DF e registra elevação nas temperaturas

Além das temperaturas elevadas, o alerta vai para a umidade relativa do ar. Segundo o Inmet, varia de 75% a 20%

Ana Maria da Silva
postado em 12/08/2021 09:07 / atualizado em 12/08/2021 09:08
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press                  )
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press )

A massa de ar seco, característica do inverno, voltou com força ao DF. Agora que a massa de ar frio que atuou na capital nos últimos dias foi embora, a previsão, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é que a temperatura máxima chegue a 31ºC, nas horas mais quentes desta quinta-feira (12/8). De acordo com o órgão, a temperatura mínima registrada foi de 11ºC, em Planaltina (DF).

De acordo com o meteorologista do Inmet, Heráclio Alves de Araújo, essa massa de ar seco é comum no inverno. "No período de inverno é mais frequente essa massa de ar seco que impede formação de nebulosidade, algo característico da região. Ela não impede a formação de nuvens, mas deixa os dias mais ensolarados, com umidades baixas e temperaturas elevadas”, ressaltou ao Correio.

O alerta vai também para a umidade relativa do ar. Segundo o instituto, ela varia de 75% a 20%. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), quando a umidade fica abaixo de 30%, é preciso tomar cuidados especiais.

Cuidados

A orientação da Defesa Civil é beber, pelo menos, seis copos d'água por dia, pingar duas gotas de soro fisiológico em cada narina, ter toalhas molhadas e bacias de água nos quatros, usar roupas leves e, se possível, de algodão. Também faz parte das recomendações não fazer exercícios físicos entre 10h e 17h e evitar queima de lixo e entulho.

Confira a orientação para cada nível de medição:

Entre 21% e 30% por cinco dias consecutivos: estado de atenção
- Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h;
- Umidificar o ambiente por meio de vaporizadores, toalhas molhadas e recipientes com água;
- Consumir água à vontade.

Entre 12% e 20% por dois dias seguidos: estado de alerta
- Observar as recomendações do estado de atenção;
- Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 17h;
- Evitar aglomerações em ambientes fechados;
- Usar soro fisiológico nos olhos e nas narinas.

Abaixo de 12% por dois dias seguidos: estado de emergência
- Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta;
- Interromper qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h;
- Manter os ambientes internos úmidos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE