TRÂNSITO

Polícia instaura inquérito para investigar acidente da BR-070 que matou duas pessoas

Carro invadiu parada de ônibus e atingiu três pessoas. Duas morreram na hora. Motorista ainda não prestou esclarecimentos

Luana Patriolino
postado em 17/08/2021 20:23 / atualizado em 17/08/2021 20:25
Condutor de carro de passeio bateu em parada de ônibus  -  (crédito: Divulgação Corpo de Bombeiros)
Condutor de carro de passeio bateu em parada de ônibus - (crédito: Divulgação Corpo de Bombeiros)

A 24ª Delegacia de Polícia (Setor O) instaurou um inquérito policial para investigar o acidente da BR-070, ocorrido no domingo (15/8), que deixou duas pessoas mortas e uma ferida em uma parada de ônibus. O motorista do carro que invadiu o local ainda não prestou esclarecimentos à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

O condutor e os dois adultos que estavam no carro serão ouvidos. A vítima sobrevivente também deverá prestar depoimento assim que tiver condições, pois está internada. O acidente aconteceu por volta das 7h da manhã de domingo, na altura do P Norte (Ceilândia), sentido Águas Lindas. Valdecy Pereira Alves, 68 anos, e Evando Constantino Barros, 26, morreram na hora. A terceira vítima, 36 anos, foi levada ao hospital com suspeita de traumatismo craniano, mas já está fora de perigo.

A investigação aguarda o laudo pericial para confrontar as versões das pessoas ouvidas e esclarecer a dinâmica do acidente. Depois, a Justiça deverá decidir sobre qual é a responsabilização criminal do motorista do veículo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro do modelo Fiat/Palio branco era conduzido por um homem de 43 anos. Também estavam no carro, uma mulher de 28 anos, um rapaz de 26, uma adolescente de 17 anos e duas crianças de 4 e 6 anos. Nenhuma das crianças estava usando a cadeirinha no momento da batida. A polícia também informou que o teste do bafômetro do motorista deu negativo para a ingestão de álcool. 

Com o impacto, o carro capotou às margens da rodovia. Quando o socorro chegou, o motorista andava de um lado para o outro e reclamava de dores na nuca. A mulher, de 28, sentia dores nas pernas e tinha escoriações no rosto. A adolescente apresentava dores no peito e no alto da cabeça e as crianças, hematomas, sendo que a mais nova, tinha machucados na face. O rapaz de 26, teve um corte na testa. Todos os seis ocupantes do carro estavam conscientes, orientados e estáveis.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE