PEDOFILIA

Jovem de 17 anos é apreendido por armazenar material com pornografia infantil

Morador de Brazlândia ainda é suspeito de manipular imagens para criar falsos "nudes" de mulheres. Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) investiga o caso

Cibele Moreira
postado em 20/08/2021 23:43 / atualizado em 20/08/2021 23:51
 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

Um adolescente de 17 anos foi apreendido, nessa quinta-feira (20/8), por envolvimento com pornografia infanto-juvenil. Policiais da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC) cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, em Brazlândia, e encontraram materiais relacionados a pedofilia armazenados no celular do jovem.

Ele foi apreendido por fato análogo a armazenamento de imagens e vídeos de exploração sexual infantil. No imóvel, a Polícia Civil confiscou outros equipamentos eletrônicos. O delegado à frente do caso, Dário Freitas, afirma que o suspeito confessou usar um aplicativo em que era possível manipular imagens de mulheres.

O adolescente modificava as fotografias para fazer parecer que as mulheres estavam nuas. "Nessa situação, a edição é tida como conduta criminosa, e o compartilhamento das imagens sem consentimento das vítimas é recriminado pelo Código Penal. A prática pode levar a até cinco anos de prisão", ressaltou Dário.

A investigação na DRCC analisará o material apreendido para identificar se existem vítimas que pertenciam ao círculo social do adolescente, como colegas de escola, vizinhas ou adolescentes que se relacionaram com ele.

Em abril, a delegacia especial deflagrou uma operação semelhante, na qual cumpriu mandado de busca e apreensão contra um homem que fazia montagens digitais de mulheres, colocando-as em cenas de sexo e nudez.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE