Reencontro

Final feliz: cachorro é encontrado após ficar 8 dias desaparecido

Pet Shop perdeu o cão durante banho e tosa. Caso ocorreu em São Sebastião e a família chegou a oferecer recompensa para quem achasse

Ana Isabel Mansur
Rafaela Martins
postado em 30/09/2021 17:27 / atualizado em 30/09/2021 17:28
 (crédito: Arquivo pessoal)
(crédito: Arquivo pessoal)

O cachorro Nico e sua família respiraram aliviados nesta quinta-feira (30/9). Após ficar desaparecido por oito dias, ele foi encontrado em um condomínio do Jardim Botânico. Nico sumiu enquanto estava aos cuidados do Central Pet Shop, localizado na quadra 103 de São Sebastião, e, desde então, a família se mobilizou para encontrar o animal de estimação.

Segundo Catarina de Oliveira, 22 anos, Nico estava andando pelas ruas sem rumo e não deixava ninguém se aproximar. "Uma moradora do jardim botânico 3 entrou em contato com o pet shop e meu pai estava em São Sebastião procurando ele. Assim que recebeu a ligação ele conseguiu ir imediatamente. O Nico não chegava perto de ninguém, mas quando viu meu pai acabou reconhecendo e correu até ele”, contou a dona.

Catarina contou à reportagem que o cachorro foi visto pelo menos duas vezes em São Sebastião durante a semana: na quadra 307, no domingo (26/9), e na quadra 204, na terça-feira (28/9). "Fui (nas quadras) de manhã, de tarde e de noite, mas não o encontrei", falou a menina, acrescentando que os outros quatro cachorros da casa estavam sentindo a falta do animal. Eles também foram atendidos no dia que Nico desapareceu, mas o pet shop os devolveu normalmente.

A saudade que cãozinho provocou em casa foi grande. "Quando ele chegou em casa hoje, meus quatro cachorros começaram a chorar juntos. Foi muito emocionante, eu também chorei e meu pai ficou feliz”, ressaltou a moça. Para encontrar o cachorro, funcionários do Central Pet Shop se mobilizaram e aguardaram que algum responsável chegasse ao local para resgatar o animal.

“O pet shop ficou de olho para que ele não fugisse enquanto meu pai chegava. Foi o mínimo, mas pelo menos eles ajudaram. Nico chegou em casa com fome, comeu um pão porque ele ama e depois ficou indo até o lugar da cozinha que fica os pães pedindo mais. Demos petiscos também”, falou a proprietária do cachorro.

Dias de sufoco

Um petshop de São Sebastião perdeu o cachorro de 2 anos, fruto do cruzamento entre chow-chow e jack russel, durante banho e tosa no dia 22 de setembro. O caso ocorreu entre 11h e 12h no Central Pet Shop, na quadra 103 de São Sebastião. A tutora do cão, Catarina, chegou a oferecer R$ 1 mil para quem encontrasse o cachorro.

Segundo a dona, Nico costumava tomar banho e ser tosado na própria casa. "Eu tenho cinco cachorros e o petshop buscou-os na minha casa na manhã do dia 22 de setembro para banho e tosa, excepcionalmente para levá-los para o estabelecimento. Geralmente, o serviço é feito em domicílio. Acredito que, devido ao calor, queriam abaixar os pelos mais que o normal e preferiram fazer isso na loja", contou Catarina.

O estabelecimento informou a fuga pouco tempo depois. "Na hora do almoço, ligaram informando que o Nico havia escapado de algum local da loja e que, ao fugir, correram atrás dele mas o perderam de vista", relatou a estudante de engenharia mecânica, cliente do petshop há, pelo menos, cinco anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE