GDF

Ibaneis entrega obras no Jardim Botânico de Brasília

Na ocasião, o governador do Distrito Federal visitou o laboratório de reprodução in vitro e os novos espaços de lazer

Renata Nagashima
postado em 02/10/2021 14:28 / atualizado em 02/10/2021 14:31
 (crédito: Lúcio Bernardo Jr/ Agência Brasília)
(crédito: Lúcio Bernardo Jr/ Agência Brasília)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), entregou, na manhã deste sábado (2/10), as obras realizadas no Jardim Botânico de Brasília (JBB). Na ocasião, foram inaugurados a ampliação do laboratório de reprodução in vitro, o novo restaurante, uma praça de alimentação e uma loja de souvenir.

Para a reformulação e ampliação do laboratório de reprodução in vitro, o Jardim Botânico de Brasília (JBB) investiu R$454 mil. As obras do único laboratório dessa natureza no DF tiveram início em novembro de 2020 e foram concluídas pelo Governo do Distrito Federal (GDF) em junho deste ano. A cerimônia de entrega do espaço ocorreu na quarta-feira (29/09), encerrando as comemorações da Semana do Cerrado.

A reforma contou com melhorias na estrutura, como troca do piso, construção de um novo telhado e rampas de acessibilidade, além da instalação de portas de blindex, acabamentos para vedação de portas e do teto, instalação de bancadas e tomadas exclusivas para o uso de autoclave, entre outras mudanças.

De acordo com o GDF, o objetivo é oferecer uma estrutura moderna para pesquisa, reprodução de orquídeas raras e espécies do cerrado ameaçadas de extinção, além da manutenção dessas espécies por meio de rotinas laboratoriais como germinação, propagação, repicagem, confecção de meio de cultura, lavagem de frascos e esterilização de instrumentos e materiais.

Antes da reforma, o laboratório funcionava de forma improvisada em uma antiga residência funcional, agora contará com uma infraestrutura adequada para a preservação do cerrado e vai dobrar a capacidade de mudas produzidas na unidade de conservação: de 15 mil, serão 30 mil mudas por semestre.

“Colocamos aqui no Jardim Botânico um investimento da ordem de R$500 mil, criando novos espaços. Agora vamos ter uma loja de conveniência, um laboratório totalmente ampliado para que a gente possa ter a reprodução das orquídeas. Esses ambientes serão concedidos, exceto o laboratório, para que a iniciativa privada explore e dê mais conforto a todos aqueles que vem passear no Jardim Botânico, que é um dos lugares mais bonitos do Distrito Federal”, destacou Ibaneis.

Novos espaços

Ibaneis visitou, ainda, o novo restaurante do Jardim Botânico, que terá capacidade para atender 100 pessoas. O local foi projetado com a técnica construtiva taipa de pilão, método milenar capaz de regular a temperatura interna da edificação e criar estruturas sólidas. As obras do restaurante começaram em dezembro de 2019 e foram concluídas em junho do ano passado.

 

Novo restaurante do Jardim Botânico
Novo restaurante do Jardim Botânico (foto: Lúcio Bernardo Jr/ Agência Brasília)

A praça de alimentação, com área aproximada de 450m², conta com três estruturas que antes eram utilizadas como postos comunitários de segurança, e foram recuperadas com aproveitamento sustentável e adaptados para servir como lanchonetes. No espaço, localizado ao lado do Anfiteatro, há banheiros com acessibilidade e rampas para atender portadores de deficiência.

Os visitantes agora também terão à disposição uma loja de souvenir, localizada no Centro de Visitantes, com 42m². O espaço conta com com copa, banheiro, esquadrias em vidro e parede de taipa. Tanto o novo restaurante quanto a praça de alimentação e a loja de souvenir funcionarão após a conclusão do processo licitatório de cessão de uso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE