Campanhas Eleitorais

Ibaneis se reúne com filiados do MDB e debate eleições de 2022

Na noite desta quarta-feira (6/10), o governador se reuniu com os correligionários para falar sobre os desafios do DF e das melhorias a serem feitas

Edis Henrique Peres
postado em 07/10/2021 12:34 / atualizado em 07/10/2021 12:35
 (crédito: Reprodução/Twitter/Ibaneis Rocha)
(crédito: Reprodução/Twitter/Ibaneis Rocha)

O Governador Ibaneis Rocha (MDB) se reuniu, na noite desta quarta-feira (6/10), com os filiados do partido com o objetivo de debater o cenário do DF. Ao Correio, o chefe do Executivo local explicou que “foi uma reunião da base e de filiações debatendo os temas de interesse do partido com olhar para as eleições de 2022”.

Pela rede social, o titular do Palácio do Buriti também comentou o encontro e disse que o objetivo foi definir estratégias de “como vamos trabalhar juntos para melhorar a vida da população”.

O encontro foi organizado pelo MDB Mulher e aconteceu no Cruzeiro Novo. Na segunda-feira (4/10), o grupo já havia se reunido no Paranoá e, nesta quinta-feira (7/10), se reúne em Taguatinga, na QNL 11. As reuniões são abertas à população e buscam fortalecer os núcleos do partido em uma preparação para as eleições do próximo ano.

Em discurso, Ibaneis Rocha reafirmou o compromisso com o MDB e disse que irá continuar no partido. O encontro contou com a presença de administradores regionais, pré-candidatos do MDB e do presidente do partido e presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Rafael Prudente.

Ibaneis Rocha se reúne com filiados para debater sobre os rumos do MDB e fortalecer núcleos para eleição do próximo ano
Ibaneis Rocha se reúne com filiados para debater sobre os rumos do MDB e fortalecer núcleos para eleição do próximo ano (foto: Reprodução)

Em junho, o governador já assumia a candidatura à reeleição. Na ocasião, Ibaneis defendeu que a pandemia interrompeu os planos que tinha para o DF e que precisaria de mais tempo para executá-los.

“Eu quero ir à reeleição. Estou fazendo um trabalho reconhecido por grande parte da população. As pesquisas que nós temos nos apontam na faixa de 50% de aprovação do meu mandato. No que diz respeito ao meu trabalho na cidade, é bem maior”, declarou à reportagem, quando entrevistado, em julho, em seu gabinete.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE