Governo

Regulariza DF: mais de 140 moradias foram entregues no Recanto das Emas

As unidades habitacionais entregues estão localizadas na quadra 117 do Recanto das Emas. Segundo Ibaneis Rocha o projeto no local prevê a construção total de 550 moradias

Júlia Eleutério
postado em 09/10/2021 14:54
 (crédito: Renato Alves / Agência Brasília)
(crédito: Renato Alves / Agência Brasília)

Na manhã deste sábado (9/10), cerca de 148 casas foram entregues para a população do Recanto das Emas. Localizadas na Quadra 117 da região, as unidades habitacionais fazem parte do programa Regulariza DF, também lançado nesta manhã. Segundo o governador Ibaneis Rocha (MDB), o projeto no local prevê a construção total de aproximadamente 550 moradias. “Essa é uma parte que já ficou pronta e o resto agora continua a construção para que a gente possa entregar até o final do próximo ano”, ressalta.

O chefe do Executivo destacou a necessidade de evitar as invasões na cidade de forma a trazer segurança para a população. “O Governo do Distrito Federal trabalhou muito anos nas linhas das invasões, nós temos que combater isso e você combate às invasões exatamente dando moradia legal para a população. (...) Isso traz muita insegurança para as pessoas”, pontua. As chaves das unidades já serão entregues junto com a escritura definitiva no imóvel. As obras e entregas estão sendo feitas em conjunto com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab).

Ações no Sol Nascente

Além do lançamento do Regulariza DF, Ibaneis Rocha também visitou o programa Sejus Mais Perto do Cidadão na região do Sol Nascente. Organizado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), o evento promove diversas atividades culturais e serviços de cidadania para a população local.

Devido ao mês do Outubro Rosa, a ação foca na campanha internacional em parceria com o Sesc. A Carreta da Mulher está no local para oferecer atendimento de conscientização, orientação e prevenção do Câncer de Mama. Também são oferecidos serviços públicos, como Na Hora, Procon, assistência jurídica, emissão gratuita do RG pela Polícia Civil, atividades de lazer para crianças, atendimento médico, assistentes sociais e psicólogos.

Para o governador, esse tipo de serviço é importante para que a população mais carente também tenha acesso. “É um trabalho muito importante que a Sejus faz, atendendo várias pessoas, realmente, carentes que precisam desde a emissão de um documento de identidade até um exame complexo na área oftalmológica”, destaca Ibaneis.

Em busca de um atendimento preventivo ao Câncer de Mama, a moradora do Sol Nascente, Ana Lima, 58 anos, aguardava para fazer o exame como de costume. “Eu faço todo ano, não deixo passar”, comenta a aposentada. Natural da Bahia, ela vive na região há cerca de dois anos e conta que vê esse tipo de ação como relevante para a população local. “Isso aqui é tudo para a gente”, exclama.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE