Obituário

Familiares e amigos se despedem do DJ Lauro Montana nesta segunda (11/10)

Conhecido como produtor cultural, DJ, ator, diretor e professor de história de Brasília, Lauro deixa, aos 42 anos, um filho de 11 anos, duas irmãs, a mãe, e centenas de amigos

Ana Maria Pol
postado em 11/10/2021 17:43 / atualizado em 12/10/2021 12:26
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

A tarde desta segunda-feira (11/10) foi de despedida para a família e amigos de Lauro Augusto Montana, conhecido produtor cultural, DJ, ator, diretor e professor de história de Brasília. O velório de Lauro ocorreu às 15h, no Cemitério Campo da Esperança, da Asa Sul. Ele deixa, aos 42 anos, um filho de 11 anos, duas irmã, a mãe, e centenas de amigos.

Nascido em Manaus (AM), Lauro morava há 38 anos na Quadra 215 Sul. De acordo com o professor, compadre e amigo, Lima Neto, 45, Lauro construiu um grande legado no mundo cultural de Brasília. “Ele vai deixar um buraco enorme na cultura de Brasília. Era um pensador e, acima de tudo, um amigo e irmão”, diz.

Lauro foi encontrado morto na tarde do último sábado (9/10). A cerimônia foi marcada por grande movimentação: mais de cem pessoas foram até o local para dizer um último adeus. Dentre os presentes, estavam amigos, alunos e colegas da Escola Franciscana Fátima, onde Lauro atuava como professor de história. “Os jovens que foram alunos dele tiveram sorte”, completa Lima.

Além das festas

Amigo há mais de 25 anos, o funcionário público Leonardo Saraiva de Oliveira, 51, diz que o jeito especial de Lauro ia além das festas. “O ambiente de festas tem muita fantasia, mas na vida real, no dia a dia, o Lauro era um cara presente. Fora das quatro linhas das festas, ele era uma pessoa como todas as outras, um pai muito presente, mas revestido de algo especial. A marca dele era a alegria, e a maneira como agradava as pessoas”, afirma. “A marca especial dele era a alegria, o bom humor e a maneira como unia as pessoas”, completa.

Para Leonardo, Lauro soube como impactar, ao longo de sua vida, a história e cultura de Brasília. “Ele deixa de legado uma espécie de amálgama que junta as pessoas. Todos que estão aqui representam o amor à cultura, à arte, à música, é a resistência contra tudo o que temos vivido nestes últimos dias. Ele era a cola que unia todos em volta do amor a tudo isso, às pessoas. Posso definir esse legado em amizade, amor e música. Agora, em cada festa, Lauro será lembrado de alguma forma”, pontua.

Um grupo de amigos do produtor cultural prestou uma homenagem à ele na noite desta segunda-feira (11/10), no Bar Beirute, na 109 Sul. Confira o vídeo abaixo:

 

  • Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal
    Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal Foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal
    Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal Foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal
    Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal Foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal
    Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal Foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal
    Enterro do DJ, produtor, professor de História e ator Lauro Montana, 42, ícone da cena underground do Distrito Federal Foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE