Violência contra mulher

Suspeito de tentativa de feminicídio é preso no Gama nesta quinta-feira

Homem tinha outras passagens por violência contra a mulher e ameaça. A vítima está internada no Hospital Regional do Gama (HRG)

Pedro Marra
postado em 21/10/2021 20:21
 (crédito: Melanie Wasser/Unsplash)
(crédito: Melanie Wasser/Unsplash)

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam um homem, por volta das 2h desta quinta-feira (21/10), por tentativa de feminicídio. Ele é suspeito de esfaquear o abdômen da companheira durante a madrugada, na Quadra 8, do Setor Leste do Gama.

A imagem do suspeito foi espalhada entre os policiais do Batalhão. Um policial de folga identificou o suspeito enquanto ele caminhava na QI 06, por volta das 10h. Ele resistiu à abordagem e machucou a mão de um dos policiais, o que causou luxação e alguns arranhões.

O homem foi encaminhado para a 20ª DP (Gama), onde foi registrado o flagrante de feminicídio tentado. O suspeito tinha outras passagens por violência contra a mulher e ameaça. A vítima está internada no Hospital Regional do Gama (HRG).

Feminicídios

Na segunda-feira (18/10), o Distrito Federal registrou duas mortes por violência de gênero em 72 horas. Márcia Aparecida Bispo Duarte, 43 anos, morreu no Hospital de Base após 10 dias internada na unidade de terapia intensiva (UTI) devido às graves lesões na cabeça e na face.

Ela foi brutalmente agredida com uma barra de ferro por um homem de apelido Fusquinha, marido da cunhada, Ivani Ferreira da Silva, 42, que também foi atingida pelo esposo e segue com sequelas, sem conseguir falar nem andar. O agressor está preso preventivamente pelos crimes de feminicídio, tentativa de feminicídio e agressão corporal contra a enteada de 6 anos.

 

 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE