Águas Lindas de Goiás

Vítima de estupro coletivo vai fazer novo reconhecimento de suspeitos

Caso ocorreu em outubro deste ano e um policial militar do DF foi preso acusado de participar da agressão. Novo reconhecimento será feito na segunda-feira (8/11)

Samara Schwingel
postado em 04/11/2021 14:32
 (crédito: Rafaela Martins/CB/DA Press)
(crédito: Rafaela Martins/CB/DA Press)

A jovem de 25 anos que denunciou um estupro coletivo ocorrido em Águas Lindas de Goiás, entorno do Distrito Federal, vai realizar um novo reconhecimento de possíveis envolvidos no caso. Ela afirma que cinco homens a estupraram durante uma festa realizada em outubro deste ano. Dois homens foram presos e indiciados. Um deles é um policial militar do DF. 

Ela vai comparecer à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Águas Lindas na próxima segunda-feira (8/11). O reconhecimento deve ser feito durante a tarde. A delegacia chegou a encerrar o inquérito sobre o caso, mas vai ouvir novamente a vítima, pois ela afirma que cinco homens participaram das agressões e não apenas os dois indiciados.  A Polícia Civil de Goiás (PCGO) indiciou Irineu Marques Dias, 44, policial militar do DF, e Thiago de Castro Muniz, 36. Agora, os dois poderão ser denunciados à Justiça pelo crime e julgados pelo caso. 

O estupro coletivo teria durado, ao menos, cinco horas, até a vítima fugir da casa. Segundo a própria jovem, os homens a teriam obrigado a fazer sexo oral com tentativa de sexo anal. A mulher relata que, enquanto os abusos ocorriam, um dos suspeitos ficava da janela observando o estupro.

Onde pedir ajuda?
Polícia Civil do DF ou de Goiás
Disque 197

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência — Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República
Telefone: 180 (disque-denúncia)

Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiás (Deam)
Telefones: (62) 3201-2801 /3201- 2802 / 3201-2807 / 3201-2818 / 3201-2820

Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Águas Lindas de Goiás
Telefone: (62) 3613-0701


Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Goiás (Conem)
Telefone: (62) 3201-5345

Centro de Atendimento à Mulher do DF (Ceam)
» De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
» Locais: 102 Sul (Estação do Metrô), Ceilândia, Planaltina

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam)
» Entrequadra 204/205 Sul — Asa Sul
Telefone: (61) 3207-6172

Disque 100 — Ministério dos Direitos Humanos
Telefone: 100

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE