GDF

Ibaneis entrega trecho da obra de duplicação da rodovia DF-140

O investimento total foi de R$ 20,4 milhões, a ampliação do trecho de 14,8 km atingiu 25% do cronograma total

Renata Nagashima
postado em 08/11/2021 14:11 / atualizado em 08/11/2021 14:12
O GDF realizou investimento de mais de R$ 20 milhões na duplicação da rodovia -  (crédito: Renato Alves/Agência Brasília.)
O GDF realizou investimento de mais de R$ 20 milhões na duplicação da rodovia - (crédito: Renato Alves/Agência Brasília.)

O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) entregou um trecho concluído da obra de duplicação da rodovia DF-140, na manhã desta segunda-feira (8/11). O serviço, iniciado em março deste ano com o investimento de R$ 20,4 milhões, está previsto para ser concluído e entregue à população no primeiro semestre de 2022.

Diariamente, 20 mil motoristas trafegam na região entre São Sebastião e o Jardim Botânico. Segundo o governador, mais obras beneficiarão essa população. “Temos vários projetos para essa região do Jardim Botânico e do Tororó. Além da duplicação desta via, que é um pedido antigo da população, nós estamos cuidando da licitação da DF-001, trecho que liga os condomínios próximos ao Lago Sul”, informou.

Liberaçâo do 1º Trecho pronto da obra de duplicação da DF-140
Liberaçâo do 1º Trecho pronto da obra de duplicação da DF-140 (foto: Renato Alves/Agência Brasília.)

O trabalho executado visa aumentar a vida útil do pavimento, diminuir os engarrafamentos em horário de pico, aumentar o conforto e a segurança dos usuários, entre outros benefícios. Além da duplicação desta via, Ibaneis anunciou a duplicação da DF-001 e a obra do viaduto do Jardim Botânico.

“É um pacote muito importante que beneficiará toda a população dessa região. E há os dois viadutos que precisam ser feitos: o do balão da Esaf e o outro que dá acesso à Ponte JK. Esses dois estão no nosso cronograma, mas precisam ser feitos aos poucos para não atrapalhar tanto a comunidade. Com isso a gente resolve todo um problema de trânsito que liga essa região, que cresceu muito e não recebeu os benefícios que merecia ao longo tempo”, disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE