Covid-19

"Não terá prejuízos à população", diz Ibaneis sobre dispensa de termômetros

O decreto que determinava a obrigatoriedade da medição de temperatura antes de entrar em locais fechados foi revogado nesta segunda-feira (8/11)

Júlia Eleutério
Renata Nagashima
postado em 08/11/2021 11:32
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Durante a visita às obras da DF-140, em São Sebastião, nesta segunda-feira (8/11), o Governador Ibaneis Rocha (MDB) avaliou a medida que desobriga a aferição de temperatura na entrada dos estabelecimentos e locais fechados. “Esses termômetros têm se mostrado bastante inúteis ao longo do tempo e dificultado muito a vida, em especial, a vida dos pequenos comerciantes que têm que colocar nas feiras e em todas as entradas esses aparelhos. Foi uma medida estudada e não terá prejuízo à população”, destacou o chefe do Executivo local.

O Decreto nº 42.525, que determinava a obrigatoriedade da medição de temperatura antes de entrar em locais fechados, foi revogado pelo vice-governador Paco Britto. A medida foi publicada no Diário Oficial do DF (DODF) desta segunda-feira (8/11) e já está em vigor. A aferição da temperatura foi adotada a fim de evitar a disseminação da covid-19. Caso a pessoa estivesse com mais de 37,8ºC, ela era proibida de entrar nos locais.

De acordo com a publicação, não será mais necessário medir a temperatura de colaboradores e trabalhadores de empresas, nas entradas das lojas ou qualquer ambiente autorizado a funcionar. A aferição também não é mais necessária em templos e igrejas, locais de treinamento e competição, e em eventos cívicos, corporativos ou gastronômicos. A desobrigação vale também para feiras e exposições culturais, shows, festivais e afins.

Máscaras

No DF, a obrigatoriedade das máscaras em locais abertos foi suspensa na quarta-feira (3/11). Vale ressaltar que o uso permanece obrigatório em locais fechados e no transporte público.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE