Segurança

Paranoá recebe Cidade da Segurança Pública e terá reforço no policiamento

A iniciativa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) começa na manhã desta quarta-feira (10/11) e contará com ações de prevenção à criminalidade

Darcianne Diogo
postado em 09/11/2021 20:52 / atualizado em 09/11/2021 20:52
 (crédito: SSP-DF/Divulgação)
(crédito: SSP-DF/Divulgação)

A partir desta quarta-feira (10/11), a região do Paranoá recebe o projeto Cidade da Segurança, iniciativa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). Nesta edição, o programa terá foco em duas frentes: redução dos índices criminais, por meio de intensificação de policiamento, e ações de prevenção à criminalidade, com cursos, palestras e serviços.

O lançamento está previsto para às 11h e ocorrerá na Praça Central do Paranoá, próximo à Administração Regional. O término será no sábado (13/11). “Esse formato itinerante e pontual, ou seja, atuando por um curto período, nos permite realizar o projeto em um maior número de cidades, independentemente de outras ações de segurança pública. Esta é a quarta região a receber a CSP, um projeto que atende a determinação do governador Ibaneis, de um governo horizontal e próximo da população”, explica o titular da SSP, delegado Júlio Danilo.

A população ganhará reforço no policiamento até domingo (14/11), tanto no Paranoá quanto no Itapoã. Os serviços, como emissão de carteira de identidade e orientações de serviços realizadas pelo Departamento de Trânsito (Detran/DF), serão oferecidos das 9h às 14h, de quarta (10/11) até sábado. “De forma mais próxima, poderemos entender melhor as necessidades e demandas dos moradores. O local para oferta dos serviços foi escolhido com base em critérios estratégicos, como facilidade de acesso e maior circulação de pessoas. Realizamos mais de três mil atendimentos do tipo no Gama ”, detalha o secretário.

Operação

Até o próximo sábado, estão previstas operações diárias de combate à criminalidade. Segundo a SSP-DF, na sexta-feira (12/11), haverá uma edição especial da Operação Quinto Mandamento, que seguirá nas duas regiões — Paranoá e Itapoã — até domingo. “Esta é uma operação que evidencia a presença policial e, de fato, inibe a prática criminosa. As abordagens, tanto pessoais quanto a veículos, são extremamente necessárias, pois complementam a atuação policial e possibilitam que seja possível retirar das ruas pessoas com pendências judiciais e a apreensão de drogas e armas”, explica o secretário Executivo de Segurança Pública, Milton Neves.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE