CRIME

Um homem e uma mulher são amarrados e deixados no meio do mato após assalto

Polícia Militar do Distrito Federal encontrou uma das vítimas, ainda amarrada na região do Parque 8, no Jardim Ingá, em Luziânia. Os suspeitos foram localizados e presos logo em seguida na BR-040

Ana Maria Pol
postado em 15/11/2021 11:52
Com os suspeitos, a polícia militar encontrou duas armas de fogo, várias cordas, luvas descartáveis e R$161 em espécie.  -  (crédito: Divulgação/PMDF)
Com os suspeitos, a polícia militar encontrou duas armas de fogo, várias cordas, luvas descartáveis e R$161 em espécie. - (crédito: Divulgação/PMDF)

Duas pessoas foram amarradas e deixadas em uma região de matagal depois de um assalto na região do Parque 8, no Jardim Ingá, em Luziânia (GO). A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada através de uma denúncia anônima na madrugada desta segunda-feira (15/11) para atender esta ocorrência.

Segundo a corporação, um VW/Polo branco foi roubado em frente ao shopping Sul, em Valparaíso (GO). O motorista, de 39 anos, e uma mulher que passava no local na hora do crime, foram abordados por um trio de ladrões que amarraram os dois, e após ameaças com arma de fogo e deixaram as vítimas no matagal. 

Com as informações apresentada pela vítima, a equipe da PMDF conseguiu localizar o veículo roubado em alta velocidade na BR-040. No carro, os policias encontraram os três suspeitos, de 26, 34 e 36 anos. Com o trio, os policiais encontraram duas armas de fogo, sendo um revólver Rossi, calibre .38, com numeração raspada, e uma calibre .12, artesanal.

Além disso, a equipe encontrou, no carro, várias cordas, luvas descartáveis, e R$161 em espécie. Em pesquisa ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi constatado um mandado de prisão em aberto por vários furtos e roubos em desfavor de um dos criminosos.Os crimes acumulam mais de 40 anos de cadeia para cumprir.

Os suspeitos foram presos, acusados por roubo com restrição de liberdade, roubo de veículo, uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo. A vítima e os suspeitos foram encaminhados para a 20ª Delegacia de Polícia (DP), no Gama.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE