Investigação

Vídeo: suspeito de cometer cerca de 200 assaltos no DF é preso enquanto dormia

Leonardo Santos Xavier havia fugido da polícia para a Bahia, mas retornou ao DF neste fim de semana para buscar a namorada

Darcianne Diogo
postado em 16/11/2021 14:43 / atualizado em 16/11/2021 14:43
Suspeito teria cometido ao menos 200 assaltos no DF -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Suspeito teria cometido ao menos 200 assaltos no DF - (crédito: PCDF/Divulgação)

Um jovem, de 19 anos, suspeito de cometer ao menos 200 assaltos em todo o DF acabou preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) enquanto dormia (veja o vídeo abaixo). Leonardo Santos Xavier era foragido da polícia e foi capturado nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (16/11), na casa da namorada, em Ceilândia.

O suspeito, segundo a Polícia Civil, é integrante de um grupo criminoso especializado em cometer assaltos principalmente nas regiões de Ceilândia, Taguatinga e Guará. Imagens do circuito interno de segurança colhidas pela polícia mostram um dos crimes cometidos por Leonardo e outros dois comparsas. No vídeo, o trio aparece correndo logo depois de roubar uma casa, na QNP 5. O veículo utilizado para o crime também era roubado.

A PCDF divulgou a foto de Leonardo, pois acredita haver mais vítimas
A PCDF divulgou a foto de Leonardo, pois acredita haver mais vítimas (foto: PCDF/Divulgação)

Segundo o delegado-adjunto da 19ª Delegacia de Polícia (P Norte), Thiago Peralva, os investigadores monitaravam o paradeiro de Leonardo. “A equipe tinha prendido os comparsas do autor que integravam o grupo criminoso e, um deles, inclusive, delatou as centenas de assaltos praticados pelos criminosos. Leonardo havia fugido para a Bahia e, neste final de semana, após ações de inteligência, descobrimos que ele teria voltado ao DF para buscar a sua namorada”, detalhou.

Após monitoramento na residência da companheira do suspeito, na QNQ 05, os policiais cumpriram o mandado de prisão. Vídeo gravado pela própria equipe registrou a abordagem. Leonardo estava dormindo, quando foi acordado com a polícia no quarto. A PCDF divulgou a foto do autor, pois há a suspeita de que ele tenha feito outras vítimas. Qualquer denúncia pode ser feita pelo número 197 da Polícia Civil. O sigilo é garantido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE