PANDEMIA

Covid-19: Secretaria de Saúde confirma mais 92 casos e seis mortes no DF

Capital do país contabiliza 517.109 casos confirmados da covid-19 e 10.994 mortes decorrentes de complicações do vírus. Médias móveis dos dois indicadores registraram alta pelo segundo dia consecutivo

Cibele Moreira
postado em 20/11/2021 00:00
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) contabilizou mais 92 casos de covid-19 nesta sexta-feira (19/11) e seis mortes provocadas pela doença — registradas entre 2 de outubro e 18 de novembro. Com as atualizações, a capital do país soma 517.109 registros de infecção pelo novo coronavírus, dos quais 10.994 resultaram em óbitos. 

Apesar da queda nos números dos boletins diários, a variação das médias móveis segue em ascensão pelo segundo dia consecutivo. O indicador referente aos casos teve aumento de 23,4% em relação ao verificado duas semanas antes. O índice que faz a comparação sobre a quantidade de mortes subiu 19,9% no mesmo intervalo considerado.

A taxa de transmissão (Rt) passou para 0,72 — na quinta-feira, era de 0,71. O resultado demonstra que  cada grupo de 100 infectados pelo vírus pode transmiti-lo para, em média, outras 72 pessoas. O cálculo matemático é usado pelas autoridades sanitárias e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como termômetro de controle da pandemia. O ideal é que o índice permaneça abaixo de 1. 

Vacinação 

O Distrito Federal vacinou, até esta quinta-feira (19/11), 2.272.877 pessoas com, ao menos, a primeira dose de imunizantes contra a covid-19. O quantitativo representa 88,1% do público alvo — população com mais de 12 anos — e 74,4% do total de habitantes do DF.

Desse grupo, 1.885.930 de pessoas completaram o ciclo vacinal, com as duas doses ou o imunizante de aplicação única. Além dessas, há 184.286 imunizados com o reforço, destinados a pessoas com mais de 60 anos, profissionais da saúde e pacientes imunossuprimidos. 

Nesta sexta-feira (19/11), 1.513 pessoas receberam a primeira dose no Distrito Federal; 12.645 tomaram a segunda; e 3.725, a terceira. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE