ENEM 2021

IFB da Asa Norte teria encerrado provas do Enem uma hora antes

Segundo dia de provas foi realizado neste domingo (28/11). Cerca de 3,1 milhões de estudantes se inscreveram, o menor número de candidatos desde 2005

Cristiane Noberto
postado em 28/11/2021 18:46 / atualizado em 29/11/2021 12:25
 (crédito: IFB/ Reprodução)
(crédito: IFB/ Reprodução)

O Instituto Federal de Brasília da Asa Norte teria encerrado o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) uma hora antes do previsto. O certame começou às 13h30 deste domingo (28/11) e o fim oficial estava marcado para às 18h30.

O arquiteto Rodrigo Marar afirmou ao Correio que os dois enteados teriam sido impedidos de utilizar a última hora de teste. “Encerram as provas às 17h30. Começaram a recolher os cadernos e mandaram todo mundo embora. Os meninos chutaram um monte de questões. Após perceber o erro, a coordenadora ainda correu atrás dos candidatos para retomar o teste, mas muitos já tinham ido embora”, disse. O homem ainda afirmou que o problema ocorreu apenas na sala dos meninos.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do Enem, esclareceu que houve uma falha da chefe de sala. De acordo com a pasta, a mulher fez uma confusão com os horários, haja visto que todos dentro da sala ficam sem relógio ou celular.

"Tinham onze participantes dentro da sala quando ela encerrou a aplicação da prova. Contudo, logo em seguida, foi constatado o erro e a chefe foi atrás dos alunos e conseguiu recuperar os 11 participantes. Três se recusaram a continuar o certame, oito ganharam mais uma hora após o término e foram até as 19h30. Os três que não realizaram o restante da prova, têm direito a reaplicação. Não deu tempo deles terem saído do IFB, pois a ação foi muito imediata", afirmou a assessoria do instituto. De acordo com o Inep, a chefe de sala foi automaticamente banida.

Agora, os alunos que não terminaram a prova terão do dia 29 de novembro a 3 de dezembro para requisitar a reaplicação. Segundo o Inep, será aplicada uma nova prova, apenas do segundo dia, no dia 16 de janeiro. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE