Saúde pública

Vídeo: 10 toneladas de lixo são retiradas de casa em Samambaia

Administração Regional da cidade, em parceria com a Zoonoses e Polo Oeste, recolheram 10 mil quilos de lixo da residência de um morador

Rafaela Martins
postado em 11/01/2022 19:11
 (crédito: Divulgação/Administração de Samambaia)
(crédito: Divulgação/Administração de Samambaia)

A primeira ação conjunta da Administração de Samambaia, da Diretoria de Vigilância Ambiental e do Polo Oeste, resultou no recolhimento de 10 mil quilos de entulho em uma casa na região de Samambaia, nesta terça-feira (11/1). Os trabalhos duraram cinco horas.

A operação contou com 25 profissionais, além de uma pá carregadeira, dois caminhões trucados e um caminhão aberto. O objetivo da mesma é evitar o aumento de casos de dengue no Distrito Federal. A equipe do GDF Presente deu apoio na retirada de plástico, vasilhames, ferro e latas.

De acordo com o administrador de Samambaia, Gustavo Aires, a ação garante a saúde dos moradores. “A manutenção de toda cidade é de extrema relevância para o governo. Contudo, garantir que a saúde dos moradores seja preservada, talvez seja ainda mais importante. Hoje, nos deparamos com muito lixo e água acumulada por todo lado”, disse.

A chefe do Núcleo de Vigilância Ambiental de Samambaia, Gisele Brás, explica que quando esses grandes focos são eliminados, a comunidade local fica mais segura. “Combatemos não apenas a dengue, mas o aparecimento de escorpiões e roedores”, ressaltou.

Dengue

Febre alta, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas pelo corpo são alguns dos sintomas mais comuns da doença, que pode apresentar-se de forma leve, moderada ou grave, podendo levar à morte.

Assim, a melhor forma é a prevenção, sendo muito importante verificar se não há água parada em pneus, vasos de plantas, garrafas e outros recipientes que possam permitir a reprodução do mosquito; cuidados simples, mas que são primordiais para o combate do mosquito Aedes aegypti.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE