Espaço

Clarão é visto no céu de Brasília após meteoro cair em cidades de Minas Gerais

O registro do fenômeno luminoso foi feito nesta sexta-feira (14/01) pelo observador Marcelo Domingues, morador de Sobradinho

Sarah Paes - Especial para o Correio
postado em 15/01/2022 13:16
 (crédito: Marcelo Domingues / Bramon)
(crédito: Marcelo Domingues / Bramon)

Na noite desta sexta-feira (14/01), um meteoro que caiu em Minas Gerais refletiu um clarão tão forte que além de ter sido visto em cidades da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba também foi fotografado em Sobradinho, no Distrito Federal.

De acordo com o observador e servidor público, Marcelo Domingues, morador da região administrativa de Brasília, e membro da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros ( Bramon), ele não estava esperando o fenômeno acontecer mas suas câmeras que ficam monitorando o céu à noite fizeram o registro do clarão que cortou o céu.

Segundo o registro dos equipamentos tanto de Marcelo quanto do observador Ivan Soares, membro da Bramon e morador da cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, o fenômeno caiu por volta das 23h53. A imagem impressiona e chama atenção pelo tamanho do corte claro no céu escuro.

Meteoro registrado na cidade de Patos de Minas, município de Minas Gerais.
Meteoro registrado na cidade de Patos de Minas, município de Minas Gerais. (foto: Ivan Soares / Bramon)

Marcelo explica que ainda estão fazendo análises a respeito do local exato da queda do meteoro, pois estão dependendo das imagens de uma das câmeras da rede de monitoramento em Patos de Minas. “ Precisamos analisar todo esse material para ter uma trajetória mais refinada do bólido. Saber sobre quais cidades ele passou e se, caso ele tivesse tamanho suficiente, onde os possíveis fragmentos podem ter tocado o solo,” diz o observador.

“Por enquanto o que sabemos é que ele começou a brilhar por volta de 62 km de altitude e se extinguiu abaixo dos 40 km de altitude causando um grande boom. Sua trajetória foi curta e lenta, passando em cima da cidade de Santa Juliana, a nordeste de Uberaba e a Sudeste de Uberlândia,” afirma ele.

O registro também foi compartilhado em vídeo nas redes sociais e além de Minas Gerais e Brasília, moradores de cidades de São Paulo também comentaram ter visto o clarão no céu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE