Covid-19

Grandes filas marcam primeiro dia de vacinação infantil contra covid-19 no DF

Algumas crianças esperaram mais de 3 horas na UBS do Lago Norte. No Guará e no Cruzeiro o tempo é um pouco menor, 1 hora na fila

Renata Nagashima
postado em 16/01/2022 12:22
Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.       -  (crédito:  Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press)
Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. - (crédito: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press)

A vacinação pediátrica contra a covid-19 teve início na manhã deste domingo (16/1) no Distrito Federal. Inicialmente, a imunização será para crianças de 11 anos e para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente. Ao todo, o DF recebeu 16,3 mil doses da vacina Pfizer-BioNTech pediátrica, especialmente para a imunização desse público. Dessas doses, 10 mil foram distribuídas para as 11 unidades básicas de saúde que farão a imunização neste domingo.

Para garantir a imunização, muitos pais foram para a fila logo cedo. Como é o caso da primeira criança vacinada, Carlos Adalberto, 8 anos, tem paralisia cerebral e chegou à Unidade Básica de Saúde (UBS) 5 de Taguatinga às 2 horas da madrugada com a mãe, Cleci Pereira da Silva.

O governador em exercício, Paco Britto (Avante) fez um apelo para que as pessoas não façam filas antes da vacinação. “Não há necessidade de chegar tão cedo, ficar no sol quente e esperando. Mais vacinas irão chegar e não vamos deixar nenhuma criança sem se vacinar”, disse.

Em Taguatinga, uma hora depois do início da vacinação, por volta das 9h, a equipe de atendimento conseguiu zerar a fila. No entanto, na UBS 1 do Guará Por volta das 9h30 a fila ainda era grande, mas andava rápido. O tempo de espera era em média 15 minutos. Renan Boscariol, 37 anos, comemorou a conquista da filha, Júlia Boscariol, 8. “Era um momento muito aguardado. Desde o começo, seguimos todas as recomendações da OMS, ela ficou quase dois anos só em casa praticamente. É um alívio enorme”, disse. A pequena Júlia, que não gosta de vacina, dessa vez não chorou. “Ela estava muito ansiosa por isso. Eu espero que todas as crianças consigam também a sua dose”, acrescentou Renan.

Já na UBS 1 do Cruzeiro, o tempo de espera era de uma hora, mas os pais garantem que a espera vale a pena. “Com certeza estamos mais aliviados. As aulas estão voltando para o presencial e se acabar a vacina hoje, a gente não sabe quando terão novas doses, então é melhor esperar e garantir”, contou Etiene Rezende, 33, mãe do Gustavo Rezende, 11 anos, que saiu emocionado da sala de vacinação.

No Lago Norte o tempo de espera é um pouco maior, de aproximadamente 3 horas. No sol quente, as famílias aguardam a vez com bancos e lanche. “Tem que vir preparado, senão ninguém aguenta esperar”, disse Adriano Melo, 53, que levou o filho Lorenzo Melo, 11 anos, para vacinar na UBS 1 da cidade. “Está muito lento e sem estrutura para receber as pessoas. Cheguei por volta das 7h30, não imaginei que fosse demorar tanto.”

 

No DF, não será preciso agendar a vacinação. Basta comparecer ao posto com documento de identidade e/ou caderneta de vacinação. Não é preciso levar CPF da criança.

A vacinação está disponível em 11 pontos fixos:
UBS 20 - Planaltina
UBS 2 - Sobradinho 2
UBS 1 - Santa Maria
UBS 1 - Paranoá
UBS 2 - Brazlândia
UBS 17 - Ceilândia
UBS 5 - Taguatinga
UBS 12 - Samambaia
UBS 1 - Cruzeiro
UBS 1 - Lago Norte
UBS 1 - Guará

  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Renan e Júlia Boscariol. Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades.
    Renan e Júlia Boscariol. Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades. Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
  • Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades
    Vacinação pediátrica teve início na manhã deste domingo (16/1) para crianças de 11 anos ou a partir de 5 anos com comorbidades Foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/DA.Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE