Pandemia

Covid-19: pico de casos deve ocorrer até a metade de fevereiro, diz Ibaneis

Ao Correio, governador informou que o GDF espera que a maior quantidade de casos seja registrada até 15 de fevereiro. O recorde, até agora, é de 10,6 mil infecções diárias

Samara Schwingel
postado em 26/01/2022 13:10 / atualizado em 26/01/2022 13:41
 (crédito: Reprodu??o)
(crédito: Reprodu??o)

O Distrito Federal deve atingir o pico de casos de covid-19 causados pela variante ômicron até 15 de fevereiro. Pelo menos, essa é a previsão do governo local. A informação foi confirmada ao Correio pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) nesta quarta-feira (26/1).  O recorde, até agora, é de 10,6 mil infecções diárias, registradas nesta terça-feira (25/1). 

Segundo Ibaneis, apesar da previsão de pico, o governo local não pensa em adotar novas restrições. "Por enquanto, não", disse o emedebista. O chefe do Executivo local confirmou que segue acompanhando os casos do novo coronavírus diariamente para, então, tomar decisões de combate à pandemia. 

Entre segunda (24/1) e terça-feira (23/1), o DF registrou 10.697 casos e quatro mortes. O número de casos é o maior registrado desde o início da pandemia na capital federal. No total, são 579.130 infecções e 11.147 óbitos confirmados desde o início da crise sanitária. Com a atualização, a média móvel de casos chegou a 5.490, o que indica um aumento de 154,85% em relação aos 14 dias anteriores. A mediana de vítimas da doença está em três, valor 50% maior quando comparado com o mesmo período.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE