feminicídio

Mulher morta por ex-genro é enterrada nesta quinta-feira (3/2)

O corpo de Ana Cristina Farias de Araújo, foi sepultado na manhã desta quinta-feira (3/2). Familiares e amigos estiveram presentes. O sentimento é de revolta

Correio Braziliense
postado em 03/02/2022 13:50 / atualizado em 03/02/2022 16:41
O enterro de Ana Cristina reuniu familiares revoltados com a violência do assassinato -  (crédito: Bruna Lessa/CB/D.A Press)
O enterro de Ana Cristina reuniu familiares revoltados com a violência do assassinato - (crédito: Bruna Lessa/CB/D.A Press)

Ana Cristina Farias de Araújo, 51 anos, vítima de feminicídio na terça-feira (1º/2), no Setor de Indústrias Gráficas (SIG), foi sepultada nesta quinta-feira (3/2). Ela não resistiu aos ferimentos causados pelo brutal ataque do ex-genro, Marcos Fernando Domingos, 26 anos. Família e amigos se uniram para uma última homenagem à vítima.

Em meio a tanta tristeza, os sentimentos de dor e revolta marcaram os amigos e familiares presentes na despedida. “É um sentimento de dor, dor por perder uma pessoa tão querida, além de muita revolta, tudo foi muito trágico. Ela não merecia isso. Era uma pessoa ótima, muito boa”, lamentou Neta, cunhada de Ana Cristina.

“Na verdade o sentimento maior é de dor né, pela perda e de revolta pela forma brutal que ela foi assassinada, né? Quem esteve no local (no SIG) foi o filho dela, ele está sofrendo bastante, assim como toda a família. Realmente foi uma barbárie que ele fez com ela, a gente só pede agora por justiça”, diz Elton André, primo da vítima.

Elton ressaltou que a família, como um todo, torce para que o autor do crime seja condenado e que a pena seja de fato cumprida. Ele teme que, caso isso não ocorra, Marcos possa tentar algo contra a filha de Ana.

Marcos foi preso seis horas depois do crime, na terça-feira (1°/2). Ele estava escondido em São Sebastião, na casa de uma ex-namorada, que também foi vítima de violência doméstica praticada por ele. Além disso, o autor tinha um mandado de prisão preventiva em seu nome.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE