Locomoção

DF atinge 633 km de ciclovias em fevereiro e secretaria promete mais 105km

Segunda cidade do país com a maior extensão de faixas para ciclistas vai ganhar mais 105km de ciclovias em edital da Secretaria de Transporte e Mobilidade

Correio Braziliense
postado em 14/03/2022 19:55
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A. Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A. Press)

Segunda maior unidade federativa do país em malha cicloviária, o Distrito Federal deve receber um edital com mais 105km de ciclovias. A intenção da Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF é fazer um edital para construir as faixas para a interligação entre alguns trechos da cidade que estão separados.

Em fevereiro deste ano, a capital federal atingiu 633,4km de malha cicloviária, atrás apenas de São Paulo (SP), cidade que tem a maior extensão de ciclovias do Brasil, com 699,2 km. Em 2018, havia no DF 466,6 km de ciclovias.

Hoje as ciclovias e ciclofaixas se estendem por 28 áreas do DF. As pistas mais recentes foram construídas no Trevo de Triagem Norte (TTN), saída norte para Sobradinho, na Rota de Segurança do Setor de Indústria e Abastecimento (Sia), que liga o Setor de Inflamáveis à marginal da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), e na VC-371, de Santa Maria.

A região com a maior pista para bicicletas é o Plano Piloto, que conta com 136,6km. A segunda região é o Park Way, com 49,1km. Lago Norte é o terceiro colocado em extensão, com 35,1km. Santa Maria e Ceilândia estão quase empatadas, com 34,634km e 34,073km, respectivamente.

Bicicletas compartilhadas

Desde outubro de 2021, a capital federal voltou a ter o sistema compartilhado de bicicletas. A operação é feita pela empresa Tembici, vencedora da licitação do GDF, com investimento de R$ 10 milhões.

O contrato prevê 70 estações — já foram instaladas 30 — com 500 bicicletas, 200 das quais já estão em funcionamento. A completa implantação ainda aguarda licenças. O governo estima que a conclusão do processo ocorra até o início do segundo semestre, no Plano Piloto.

O aluguel da bicicleta compartilhada está disponível em vários valores. Uma viagem única avulsa de até 30 minutos custa R$ 3,50. Quem optar pelos planos paga R$ 15 para usar durante um dia inteiro por até cinco viagens de uma hora ou R$ 180 no pacote anual, que dá direito até cinco viagens por dia de até uma hora.

Malha cicloviária do Distrito Federal por região administrativa
Malha cicloviária do Distrito Federal por região administrativa (foto: Divulgação/Agência Brasília)

Bikes elétricas

Atualmente, além do Plano Piloto, apenas Águas Claras conta com oferta de bicicletas. Naquela região administrativa, porém, o programa é diferente: há uma parceria da Tembici com um aplicativo de entrega de refeições. O aluguel é exclusivo para usuários desse sistema.

Com informações da Agência Brasília

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE