SOLIDARIEDADE

Rock na veia: músicos estimulam doação de sangue com show no Hemocentro

Como forma de incentivar a ação e de convidar o público para o evento Rockin'1000 Brasil, grupo de 20 artistas locais promoveu manhã musical, com apresentações em frente à Fundação Hemocentro de Brasília

Pedro Marra
postado em 19/04/2022 06:00
Projeto social ganhou o nome de Doando Sangue pelo Rock -  (crédito:  Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Projeto social ganhou o nome de Doando Sangue pelo Rock - (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

A expressão "rock na veia" nunca fez tanto sentido quanto na manhã dessa segunda-feira (18/4), quando 20 músicos locais se apresentaram em frente à Fundação Hemocentro de Brasília para pedir doações à instituição, que se encontra com os estoques reduzidos. Para incentivar o público a ajudar no reabastecimento do banco de sangue, os artistas participaram do projeto Doando Sangue pelo Rock.

Entre os voluntários, integrantes de bandas, como a Plebe Rude. "É bastante simbólico dar o sangue pelo rock, que precisa voltar aos shows grandes. Com essa ação, as pessoas também perdem o medo de doar", comentou Philippe Seabra, 57 anos, vocalista do grupo. A manhã musical contou com apresentações que farão parte do repertório do Rockin'1000 Brasil, de 5 a 7 de maio, no gramado do estádio Mané Garrincha. "É um evento inédito na América Latina, com a proposta de ajudar a conscientizar (as pessoas), como fez o rock de Brasília na década de 1980", completa Seabra, que participará do evento como maestro de uma banda de mil músicos.

A iniciativa de ontem também serviu como um aperitivo para a estreia da Maior Banda de Rock do Mundo nas Américas, formada por músicos amadores e profissionais em uma orquestra com 250 bateristas, 250 guitarristas, 250 vocalistas e mais 250 artistas divididos entre instrumentos como baixos, teclados, violinos e metais. No gramado do estádio, eles apresentarão clássicos nacionais e internacionais do gênero. No último dia do Rockin'1000 Brasil, haverá um festival com 10 bandas locais, selecionadas por votação eletrônica no site do evento.

A disposição dos participantes rendeu bons frutos para o Hemocentro. Chefe da captação de doadores da fundação, Kelly Barbi agradeceu aos voluntários que visitaram o banco de sangue ontem. "Teve pessoas que vieram de forma espontânea e quem preferiu agendar para doar no feriado de quinta-feira e reforçar nossa coleta, considerando o baixo movimento nessas datas. Estamos trabalhando para manutenção das contribuições regulares", afirmou a gestora. 

O Hemocentro é a principal instituição responsável pelo abastecimento de sangue no DF. Além da rede pública da capital federal, a fundação atende três unidades de saúde particulares. Por causa da necessidade frequente de reposição, os estoques ficam em níveis preocupantes e considerados baixos quando se encontram entre 40% e 60% da capacidade média mensal (4 mil bolsas), segundo Kelly. "E, quando hospitais privados não conseguem coletar um nível suficiente para abastecer a demanda, eles recebem bolsas nossas", destaca a chefe. 

  • 18/04/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Doando sangue pelo Rock. Hemocentro de Brasília, roqueiros da cidade se reúnem para estimular a doação de sague. Philippe Seabra da banda Plebe Rude, faz parte do evento. Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
  • 18/04/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Doando sangue pelo Rock. Hemocentro de Brasília, roqueiros da cidade se reúnem para estimular a doação de sague. Philippe Seabra da banda Plebe Rude, faz parte do evento. Marcelo Ferreira/CB/D.A Press

Como ajudar

Primeiro, é preciso agendar o atendimento pelo site da Fundação Hemocentro de Brasília (fhb.df.gov.br) ou pelos telefones 160 (opção 2) ou 0800-644-0160. Também é necessário cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter entre 16 e 69 anos de idade (pessoas com mais de 18 anos precisam de autorização dos responsáveis);
  • Pessoas com mais de 60 anos devem ter feito ao menos uma doação antes dessa idade;
  • Pesar mais de 51kg e ter Índice de Massa Corporal (IMC) maior ou igual a 18,5 (descontar o vestuário);
  • Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação;
  • Não fumar duas horas antes da doação.

Programe-se

Rockin'1000 Brasil
Data: 5 a 7 de maio
Horário: 20h
Local: Estádio Nacional Mané Garrincha
Ingressos: rockin1000.com.br
Informações: 61 983-321-806/rockin1000.br@hotmail.com

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE