Dengue

DF deve viver pior momento de casos da dengue nos próximos dias

De acordo com a Secretaria de Saúde, o aumento dos casos deve acontecer entre a primeira e a segunda quinzena de maio, quando o DF atinge a vigésima semana epidemiológica

Pablo Giovanni*
postado em 05/05/2022 16:44
Segundo a Saúde, maior  número de registro de casos é em residências -  (crédito: ERIKA SANTELICES)
Segundo a Saúde, maior número de registro de casos é em residências - (crédito: ERIKA SANTELICES)

O pior momento da dengue no Distrito Federal está por vir nos próximos dias. De acordo com o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Pedro Zancanaro, o aumento dos casos deve acontecer entre a primeira e a segunda quinzena de maio, quando o DF atinge a vigésima semana epidemiológica. “Ainda não chegamos no pico dos casos de dengue, e a gente tem a expectativa de chegar nos próximos dias, mas estamos preparados”, esclareceu o adjunto.

Para o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, o aumento dos casos é uma preocupação, e trouxe o dado de que a maioria dos focos da dengue é notificada em residências. “Temos trabalhado muito. Tivemos colaboração do Corpo de Bombeiros Militar, do Exército Brasileiro. Recentemente, recebemos equipamentos fumacê para reforçar os trabalhos nas áreas, para que a gente tenha o máximo de controle possível da dengue”, esclareceu. “97% dos focos da dengue estão nas residências, e apenas 3 e 4% estão em área pública.”

Levantamento

No Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti no Distrito Federal (Liraa), 12 regiões do DF tem índice de infestação predial em alerta do mosquito, sendo Paranoá, Varjão, Itapoã, Plano Piloto e Planaltina com os maiores níveis.

De acordo com o último monitoramento de casos da dengue no Distrito Federal divulgado em 29 de abril, em 2022, foram notificados 33.886 casos suspeitos da dengue, dos quais 30.955 eram prováveis no Distrito Federal. Durante o mesmo período de 2021, apenas 8.859 haviam sido tratados como suspeitos, com 5.780 prováveis.

*Estagiário sob a supervisão de Nahima Maciel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE