VACINA

Dengue: vacinação de crianças de 12 a 14 anos começa nesta terça (5/3)

O público interessado pode procurar uma das unidades básicas de saúde (UBSs) a partir das 14h

Aplicação da Qdenga está disponível desde 9 de fevereiro. O esquema vacinal contra a dengue requer duas doses, com baixo efeito colateral -  (crédito: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Aplicação da Qdenga está disponível desde 9 de fevereiro. O esquema vacinal contra a dengue requer duas doses, com baixo efeito colateral - (crédito: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
postado em 05/03/2024 13:35 / atualizado em 05/03/2024 16:29

A faixa etária para a vacinação contra a dengue foi ampliada nesta terça-feira (5/3) para pessoas de 12 a 14 anos. O público interessado pode procurar uma das unidades básicas de saúde (UBSs) a partir das 14h. As faixas etárias de 10 a 11 anos continuam na cobertura vacinal. Ao todo, são 81 salas de atendimento com equipes preparadas para aplicar o imunizante.

No dia 8 de fevereiro, o Distrito Federal recebeu 71.708 mil vacinas deste no início da campanha. No momento houve a aplicação de 33% das doses, totalizando 25.310 vacinas. As doses remanescentes vencem em 30 de abril, por isso a importância dos pais e responsáveis procurarem as unidades de atendimento para vacinar as crianças e adolescentes.

Orientações

Pais ou responsáveis devem comparecer com documento de identificação da criança ou adolescente e a caderneta de vacinação. Caso a pessoa tenha sido diagnosticada com dengue recentemente, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal.

Todas que tomarem a primeira dose devem retornar a um local de vacinação 90 dias depois para receber a segunda dose. Se houver contaminação por dengue após a primeira dose, deve-se manter a data prevista para a segunda dose, desde que haja um intervalo de 30 dias entre a infecção e a segunda dose.

 

 

Tags

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação