Pandemia

Vacinados contra covid devem manter cuidados e podem contaminar outros, diz OMS

Diretora do Departamento de Imunização, Vacinas e Biológicos da OMS, Kate O'Brien, lembrou que nenhuma das vacinas disponíveis é 100% eficaz

Agência Estado
postado em 10/02/2021 14:05
 (crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
(crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou nesta quarta-feira que, no atual contexto de grande circulação da covid-19 em muitos países, mesmo os vacinados contra o vírus devem manter os cuidados recomendados, como uso de máscaras e distanciamento social. Diretora do Departamento de Imunização, Vacinas e Biológicos da OMS, Kate O'Brien, lembrou que nenhuma das vacinas disponíveis é 100% eficaz.
Além disso, ela comentou durante entrevista coletiva virtual que os vacinados podem desenvolver apenas casos leves da doença, mas ainda assim contaminar outras pessoas. "Não sabemos o quanto as vacinas protegem da infecção contra a covid-19", apontou.
O'Brien advertiu que, quanto mais o vírus circular, maior o risco de surgirem cepas resistentes a alguma vacina. Já a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan recomendou que os profissionais de saúde sejam vacinados "na primeira oportunidade", sem ficar esperando opções mais eficazes adiante.
A cientista-chefe também destacou que, embora muitos países já tenham começado a vacinar pelo mundo, há um desequilíbrio importante entre nações nesse quesito, a depender de sua riqueza. O'Brien comentou em outro momento que, até agora, a grande maioria das vacinas seguia para apenas dez países, não citados por ela.

CONTINUE LENDO SOBRE