Aleitamento materno

Hora do mamaço! Confira programação de eventos variados para o Agosto Dourado

Mês celebra benefícios da amamentação e busca conscientizar sobre a importância do aleitamento materno durante os primeiros anos da infância

Correio Braziliense
postado em 01/08/2021 13:34
 (crédito: José Varella/CB/D.A Press - 20/8/08)
(crédito: José Varella/CB/D.A Press - 20/8/08)

O mês de agosto é dedicado à conscientização sobre aleitamento materno e os benefícios que a amamentação traz aos bebês. Por isso, uma programação com vários eventos foi montada para comemorar o Agosto Dourado e a Semana Mundial de Aleitamento Materno 2021, que se inicia neste domingo (1º/8). Neste ano, o tema proposto pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (WABA - na sigla em inglês) é "Proteger a Amamentação: Uma Responsabilidade de Todos".

Segundo a Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), o aleitamento materno é capaz de reduzir a mortalidade infantil em até 13%. A amamentação previne a fome e todas as formas de desnutrição, garantindo a segurança alimentar dos bebês, mesmo em tempos de crise, sem ônus adicional no orçamento da família. É considerada uma maneira de baixo custo para alimentar bebês, além de contribuir para a redução da pobreza e prevenir doenças em mulheres.

De acordo com a pediatra Miriam Santos, coordenadora das políticas de aleitamento materno do DF, o mês de agosto é voltado para conscientização das mulheres, das famílias, da sociedade e do poder público sobre a importância desse ato cheio de benefícios. “A forma atual de fazer isto é através de movimentos on-line e também aumento das orientações nos momentos presenciais”, afirma.

A pediatra comenta sobre as atividades da pasta junto com o Amamenta Brasília: “Teremos ações voltadas para as mulheres, para os profissionais de saúde e para todos que se interessarem pelo tema”. Os objetivos dos eventos são: informar as pessoas sobre a importância de proteger o aleitamento materno; enfocar o apoio ao aleitamento materno como uma responsabilidade vital para a saúde pública; envolver-se com indivíduos e organizações para buscar maior impacto e articular as ações sobre a proteção do aleitamento materno para melhorar a saúde pública.

As atividades serão realizadas de modo virtual, com divulgação e amplo acesso para os servidores, apoiadores, gestores, usuários e todos que lutam pela causa da saúde das crianças e mulheres.

A Secretaria afirma que será feito uma ampla divulgação das ações implementadas nas unidades de saúde, referente ao Agosto Dourado. Tais atividades podem ser de diferentes formas, de acordo com a criatividade, critérios, recursos e capacidade de cada localidade. Haverá também a decoração das unidades com o tema Agosto Dourado, reuniões virtuais com profissionais de saúde e usuários, mobilização em redes sociais e em grupos de mensagens.

Programação

Eventos do projeto Amamenta Brasília, coordenado pela Secretaria de Saúde do DF. As atividades serão gravadas e ficarão disponíveis para visualização posterior nos canais e nas redes sociais do projeto.

1º de agosto

16 h - Evento Virtual: A Hora do Mamaço – Realizado com apoio de grupos de apoio ao Aleitamento Materno de Brasília

2 de agosto

9h - Evento Virtual: Abertura oficial do Agosto Dourado e Semana Mundial do Aleitamento Materno 2021

10h - Seminário “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos” com a participação Moises Chencinski, médico pediatra e presidente do Departamento de Aleitamento Materno da Sociedade Paulista de Pediatria.

23 de agosto

11h - Seminário “A Importância da Manutenção do Aleitamento Materno durante a Introdução da Alimentação Complementar Saudável”, com a médica nutricionista Amanda Branquinho.

24 de agosto 

14h - Seminário “Direitos da Mulher no Parto e Nascimento - Como Proteger”, com Gabrielle Mendonça, enfermeira obstetra e coordenadora do Grupo Condutor Central da Rede Cegonha do DF. 


16h - Ação da Proteção do Aleitamento Materno na Atenção Primária à Saúde chamado “Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil”, com Sumara de Oliveira Santana, nutricionista, e apoio da Gerência de Apoio à Saúde da Família da secretaria de saúde.

25 de agosto

9h - Evento “Como Proteger o Aleitamento Materno Fazendo o Uso Seguro de Medicamentos”, com a farmacêutica Fabiana Cainé Alves da Graça.


11h - Debate “Como a rBLH atua na proteção à amamentação", com João Aprígio Guerra de Almeida, pesquisador da Fiocruz e coordenador da Rede Global de Banco de Leite Humano.

26 de agosto

9h - Debate “O Papel da Enfermagem na Proteção do Aleitamento Materno”, com a enfermeira Mônica Barros Pontes e apoio do Centro de Referência em Banco de Leite Humano do Estado Espírito Santo


11h - Debate “Como Proteger o Aleitamento Materno em Situações Especiais de Saúde da Criança”, com a fonoaudióloga Cláudia Godim.


14h - Debate “O eSUS e o SISVAN como instrumentos de Monitoramento do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável”, com a nutricionista Karisteen Casimiro de Oliveira Brandt.


16h - Debate “Estratégias utilizadas na Atenção Primária para introdução Alimentar Complementar Saudável e Oportuna”, com a médica Fabiana Soares Fonseca e apoio da comunidade da Secretaria Especial de Saúde do DF.

27 de agosto

14h - Evento “Aleitamento Materno COM ou APESAR das Redes Sociais”, com o médico Moises Chencinski.


16h - Seminário “O Código Internacional como um instrumento de Proteção de Aleitamento”, com Marina Reá e apoio da Coordenação Global da IBFAN. 

Celebração do leite materno em nível nacional 

Com o apoio do Ministério da Saúde, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) também celebrará o Agosto Dourado com uma programação própria. A entidade elaborou uma série de ações que englobam a realização de lives; nova edição do curso à distância de 30 horas; quatro novos podcasts para a revista Residência Pediátrica; cards com ações das filiadas; publicação de vídeos com depoimentos de pediatras e de mães. Os eventos serão divulgados nas redes sociais e no site da instituição.

Uma das lives acontecerá no dia 30 de agosto às 20h, em que será aberto um espaço para debater as experiências de sucesso nas mais diferentes áreas em relação ao aleitamento materno. O evento contará com relatos de representantes de diversos setores e os depoimentos de mães.

Além disso, haverá também um mamaço virtual no dia 25 de agosto, às 17h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE