Covid-19

Idoso relata ter desenvolvido síndrome anal inquieta após covid-19

Após ficar internado por 21 dias com sintomas respiratórios, o idoso relatou que, quando voltou para casa, começou a sentir inquietação na região anal

Gabriela Gatti* - Estado de Minas
postado em 30/09/2021 15:43 / atualizado em 30/09/2021 15:44
 (crédito:  Reprodução/ Getty Images)
(crédito: Reprodução/ Getty Images)

Um idoso japonês de 77 anos desenvolveu uma síndrome anal inquieta após ter recebido o diagnóstico de COVID-19. A doença traz um desconforto na região do ânus e causa uma forte necessidade de se mover, e mesmo quando a pessoa tenta evacuar, a inquietação continua.

O médico Itaru Nakamura acompanhou o caso de perto e publicou um artigo na quinta-feira passada (23/9) com informações da síndrome, na plataforma científica BMC Infectious Diseases.

 

Sintomas

O idoso informou ao médico que só sentia alivio ao realizar atividades de movimento, como caminhada, corrida ou jogos de videogame que necessitam se mexer. Entretanto, quando ele fica em repouso, os sintomas se intensificam, especialmente ao anoitecer.

Ainda segundo o paciente, ir ao banheiro não faz com que os sintomas desapareçam.

 

Caso

 

Levado ao Tokyo Medical University Hospital após apresentar sintomas respiratórios, o japonês passou 21 dias internado com o novo coronavírus e, após a alta, ele começou a sentir o desconforto anal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE