RELACIONAMENTO

Após assumir namoro, Luísa Sonza desabafa: ‘Nunca quiseram escutar meu lado’

Em perfil do Instagram, a cantora deu a entender que não traiu o ex-marido Whidersson Nunes com o atual afair, Vitão, como internautas estão especulando

Maíra Alves
postado em 11/09/2020 16:50 / atualizado em 11/09/2020 16:51
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

A cantora Luísa Sonza se viu novamente sob ataques na internet após publicar uma série de fotos “românticas” com o cantor Vitão na noite desta última quinta-feira (10/9). Internautas dizem que a artista não apresentou "empatia", "responsabilidade emocional" e a acusaram de ter traído o ex-marido, humorista Whindersson Nunes, com o atual affair. Diante da repercussão, Sonza se pronunciou por meio dos stories do Instagram nesta sexta-feira (11/9). 

Em vários vídeos de 15 segundos, a artista falou sobre as recentes críticas e deixou subentendido que nunca traiu o ex-marido. "Eu não sei se falo ou não. Se eu falasse, não saberia por onde começar. Está tudo tão errado, que não tem nem…Minha vontade é falar um monte de coisa, só que não vale a pena", iniciou Sonza, afirmando que já está acostumada aos ataques.

"Desde o primeiro dia da internet, eu sempre fui atacada. Nunca importou o que eu fiz ou deixei de fazer. Eu já fui de muitas maneiras nessa internet. Já cresci, evoluí, mudei, cantei um monte de música. Isso nunca importou para as pessoas. Nenhuma atitude minha importou. Nenhum dos ataques vieram de coisas que eu tenha feito, só de coisas inventadas!", expôs a cantora.

Luísa afirma que se sentiu culpada por anos e sempre tentou se defender, mas nunca entendia o que "teria feito de errado" para ser vítima de tantas críticas. "Eu queria que as pessoas me conhecessem, eu tinha essa sede de mostrar que eu era uma pessoa correta, que eu tenho caráter. Você tenta no começo, mas quando eu entendi que ninguém estava nem aí para o que eu tinha que dizer ou não, eu acho até que me libertei”, contou ela.

Foi, então, que a artista pareceu se referir às acusações de traição, ao dizer que não interessava à ela o que "você pensa", porque ela sabe da "própria verdade" e que não deve satisfações ou justificativas sobre coisas que "nunca fiz e nunca faria com um ser humano". "Não preciso dar atenção para essas pessoas que me atacam. Sabe por quê? Porque elas nunca deram atenção para mim. Nunca quiseram escutar meu lado ou o que eu tenho para dizer", explicou.


Mudança de tom

Em seguida, Luísa mudou o tom da conversa e agradeceu o apoio que recebe dos fãs e ressaltou que eles são o motivo para que a cantora continue com o trabalho. "Estou muito feliz com meu namoro. Vou postar um monte de stories e fotos lindas (com o Vitão)", concluiu Luísa, antes de mandar um recado final: “Então é isso, gostou, tá gostado. Não gostou, surta que me dá mais engajamento e eu fico mais rica e famosa”.


O que disse Whindersson

Pouco depois das publicações, o próprio Whindersson Nunes, que foi casado com a cantora por dois anos, e terminaram o relacionamento em abril deste ano, reagiu à notícia com bom humor. Em sequência, o humorista reforçou que está solteiro e “na pista” há algum tempo: “O pai tá on desde maio”. 

Ser chamado de “corno” é fruto de machismo, diz Felipe Neto

No perfil do Instagram, o youtuber Felipe Neto refletiu sobre os ataques à cantora e afirmou que as piadas em que Whindersson é chamado de "corno" são fruto do machismo.

“O contrário não rola muito. Você vê que quando uma mulher é traída pelo marido ou namorado, ela não vira a piada da parada, a "corna", a "chifruda" e tal. Estava pensando sobre isso, será que é um problema ou uma implicância com o sexo masculino? Não é possível. Comecei a pensar sobre isso e cheguei a uma conclusão. Na verdade, não é, na verdade é exatamente o oposto”, iniciou ele.

Em seguida, de acordo com Felipe, que as “brincadeiras” refletem a crença social de que a mulher é "posse" do homem. “E quando um outro homem fica com aquela ‘posse’, a zoação é o ‘chifre’, é o ‘corno’. Você é corno, é chifrudo, porque ele pegou o que era seu. Você não soube manter o que era seu, então você vira piada. Então, você vê que até na hora de sacanear o cara, é inferiorizando a figura feminina”, concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação