Cinema

Marvel confirma produção de 'Thor: Amor e trovão' para 2021

O quarto longa do Deus do trovão está marcado para estrear em fevereiro de 2022 com o retorno de Janes Foster, personagem vivida por Natalie Portman

Correio Braziliense
postado em 14/10/2020 12:43 / atualizado em 14/10/2020 14:59

Anúncio do retorno de Natalie Portman, na San Diego Comic Con de 2019
Anúncio do retorno de Natalie Portman, na San Diego Comic Con de 2019 (foto: Kevin Winter/AFP)

A Marvel confirmou Thor: Amor e trovão como um dos próximos filmes a entrar em fase de produção. O longa começa a ser gravado em janeiro de 2021, na Austrália. O resultado final está previsto para estrear em fevereiro de 2022.

O filme é o quarto da franquia do Deus do trovão e tem novamente Chris Hemsworth como protagonista. Tessa Thompson e Jeff Goldblum reeditam também os papéis vividos, de Valquíria e Grão-Mestre, respectivamente. A direção é assinada, mais uma vez, por Taika Waititi, responsável pelo longa Thor: Ragnarok. Waititi também interpretará novamente o personagem Korg.

A grande novidade do longo é o retorno de Jane Foster, personagem vivido por Natalie Portman, que despertou o interesse amoroso de Thor nos dois primeiros filmes do herói. Em 2019, durante a San Diego Comic Con foi confirmada não só que a personagem volta, mas também que ela assumirá o manto como a nova Deusa do Trovão, um movimento de passagem de bastão que já aconteceu nos quadrinhos.

Mesmo com a história ainda não revelada, alguns detalhes do longa foram expostos. Um deles é a entrada de Christian Bale ao elenco. O ator viverá o vilão do filme. Uma entrada de peso no Universo Cinematográfico Marvel, já que o artista viveu o herói Batman em três filmes nas histórias da concorrente DC Comics.

Os fãs estão com altas expectativas para o filme, após o sucesso do antecessor Thor: Ragnarok. Tanto Chris Hemsworth quanto Taika Waititi trataram de antecipar mais o longa falando que o roteiro é muito divertido, diferente e único na história dos filmes da Marvel. “Esse novo filme dá a sensação de que perguntamos para crianças de dez anos de idade o que ela queriam em um filme, e então dissemos ‘sim’ para tudo”, afirmou Waititi em uma live no Instagram.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação