Cinema

Johnny Depp deixa papel em 'Animais fantásticos' após pedido da Warner

No Instagram, Johnny Depp explica que a Warner pediu para que ele se desligasse. Ator interpretava o bruxo Gellert Grindelwald na franquia 'Animais fantásticos'

Correio Braziliense
postado em 06/11/2020 15:38 / atualizado em 06/11/2020 15:38
 (crédito: Warner Bros.)
(crédito: Warner Bros.)

Depois de perder o julgamento contra tabloide The Sun, o qual o descreveu como marido violento, Johnny Depp anunciou no Instagram, nesta sexta-feira (6/11), que não faz mais parte da franquia Animais fantásticos. “Gostaria que vocês soubessem que fui convidado pela Warner Bros. a renunciar ao meu papel como Grindelwald em Animais fantásticos e respeitei e concordei com esse pedido”, disse em publicação.

Além de comentar sobre o afastamento do papel do bruxo Gellert Grindelwald, Johnny Depp comentou sobre a decisão tomada pelo Tribunal, a qual ele não concordou e pretende apelar. “Minha decisão continua forte e pretendo provar que as acusações contra mim são falsas. Minha vida e carreira não serão definidas por este momento”.

O ator de 57 anos, conhecido também por interpretar Jack Sparrow em Piratas do Caribe, tentou adiar o processo para alguma data entre março e junho de 2021, a fim de que não atrapalhasse as gravações de Animais fantásticos 3. O filme dirigido por David Yates, de Harry Potter, teve o início da produção adiada, por causa da pandemia, mas segue com previsão para o ano que vem.

Entenda o caso com o The Sun

A ação movida contra o jornal britânico The Sun, o proprietário News Group Newspapers, e o jornalista Dan Wootton foi devido a uma publicação de um artigo em abril de 2018. Na ocasião, apresentava-se o fato comprovado de que Johnny Depp havia espancado a ex-esposa Amber Heard, atriz americana.

Em 2020, os dois compareceram ao Supremo Tribunal de Londres para deporem sobre o caso. Amber Heard mencionou que o ator tinha comportamentos violentos quando consumia álcool e drogas, falou sobre anos de violência física e psicológicas sofridas durante o relacionamento e, por outro lado, Johnny Depp negou que isso tivesse acontecido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação