Celebridades

'Foi um ano no qual tive que me proteger', lembra Miley Cyrus sobre os 27 anos

Em entrevista, a cantora falou sobre o medo que tinha de morrer aos 27 anos, como alguns artistas do mundo da música

Correio Braziliense
postado em 24/11/2020 14:56 / atualizado em 24/11/2020 15:34
 (crédito: YouTube/Reprodução)
(crédito: YouTube/Reprodução)

O mundo da música é marcado pelos 27 anos, idade a qual muitos artistas famosos morreram. Com medo disso, Miley Cyrus revelou, em entrevista ao New Music Daily, da Apple Music, realizada nesta segunda-feira (23/11), que optou por ficar sóbria no último ano.

"Os 27, para mim, foi um ano o qual tive que me proteger muito. Isso realmente me fez querer continuar sóbria, pois nós perdemos tantos ícones”, explica Miley Cyrus sobre o Clube dos 27. Este nome é direcionado para os artistas que morreram nesta idade como, por exemplo, Amy Winehouse, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Kurt Cobain. “É um momento muito crucial. Ou você entra em uma nova fase ou é o seu fim”, completa a artista que fez 28 no último dia 23.

Durante o período em que decidiu ficar sóbria, Miley Cyrus contou que teve recaídas há pouco tempo, mas que se recuperou. “Eu caí e percebi que agora estou de volta à sobriedade. Duas semanas sóbria e eu sinto que, de fato, aceitei aquele tempo”, disse a artista.

Em vez de se culpar e se sentir mal, Miley Cyrus buscou compreender o que a levou a ter recaídas. Para ela, foi um processo de entendimento e de não ser tão dura consigo mesma. “Um dos artifícios que eu usei ao longo deste período foi: ‘Não fique furioso, fique curioso’. Por isso, não fique com raiva de si mesmo, mas pergunte-se o que aconteceu”, compartilhou.

Álbum Plastic hearts

Miley Cyrus esteve ativa na produção do sétimo álbum da carreira, Plastic hearts. O disco tem data de lançamento marcada para sexta-feira (27), com participações especiais e diferentes influências. No início de novembro, a artista divulgou a música Edge of midnight, um remix da canção autoral Midnight sky com Edge of seventeen, de Stevie Nicks, ex-vocalista da banda Fleetwood Mac.

Na última quinta-feira (19/11), Miley Cyrus concretizou a parceria com a cantora Dua Lipa na música Prisoner, que deve integrar o álbum Plastic hearts. Com características mais marcantes da década de 1980, as artistas utilizaram um sample do single Physical, da atriz e cantora Olivia Newton-John, conhecida por interpretar Sandy, em Grease.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE