Música

'Zodíaco': Xamã diz que quarentena o influenciou a fazer disco sobre signos

"Por causa da quarentena, você olha mais para dentro de si. Pensei "vou fazer sobre signo", porque é algo que você sabe quando nasce", revela

Adriana Izel
postado em 24/12/2020 08:00
 (crédito: Guilherme Oliveira Falcão/Divulgação)
(crédito: Guilherme Oliveira Falcão/Divulgação)

Depois de transformar em música os sete pecados capitais no disco de 2018 e os filmes preferidos no CD de 2019, o rapper Xamã trouxe outra temática para o álbum de 2020: os 12 signos do zodíaco. A proposta surgiu em meio à quarentena, quando o artista teve um período de autoconhecimento. "Por causa da quarentena, você olha mais para dentro de si. Pensei "vou fazer sobre signo", porque é algo que você sabe quando nasce, assim como seu aniversário. Então o signo é uma das lembranças mais antigas", revela.

Para desenvolver 12 faixas que abordassem Escorpião, Gêmeos, Touro, Leão, Sagitário, Libra, Capricórnio, Áries, Virgem, Peixes, Câncer e Aquário, o cantor contou com ajuda de especialistas e também com pessoas de cada um dos signos. "Como sou escorpiano, não podia escrever sobre os outros signos. Tentei buscar profissionais do próprio signo. Eu trouxe profissionais de outras áreas para que pudessem me orientar", explica.

Lançado no último dia 14, o álbum Zodíaco tem quatro convidadas de luxo, cada uma delas em canções sobre os signos que as regem: Agnes Nunes em Escorpião, Luísa Sonza aparece em Câncer, Gloria Groove em Capricórnio, e Marília Mendonça em Leão. "Pude contar com participações incríveis. O disco também é delas", comenta.

Até agora, três das quatro faixas gravadas em parcerias tiveram os clipes divulgados. A mais recente lançada foi com Marília Mendonça. A ideia é gravar agora com Gloria Groove e quem sabe lançar ainda sob o período de capricórnio, entre dezembro e janeiro. "Estou conversando com a Gloria Groove. Acho que vai rolar sim", afirma sobre o lançamento.

Em 2021, os planos de Xamã serão diferentes. Ele deve se dedicar a Sétima Arte. É só o que ele pode dizer, por enquanto. "Tenho trabalhos no cinema em 2021. Talvez, então, eu segure um pouco das músicas", afirma.

SERVIÇO
Zodíaco
De Xamã. Bagua Records, 12 faixas. Disponível nas plataformas digitais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE