xenofobia

Antônia Fontenelle é indiciada por xenofobia contra Giselle Itié e tenta acordo

'Volta para o seu país, é o melhor que você faz', disse Fontenelle em direcionamento para a atriz nas redes sociais

Douglas Lima - Especial para o Uai
postado em 22/02/2021 10:56 / atualizado em 22/02/2021 10:57
 (crédito: Instagram/Reprodução)
(crédito: Instagram/Reprodução)

A atriz e youtuber Antônia Fontenelle foi indiciada pelos crimes de racismo e xenofobia por causa de declarações contra a atriz Giselle Itié. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, Antônia Fontenelle mostrou interesse em fazer um acordo com o Ministério Público para não ser processada. A youtuber e a atriz Giselle Itié não se manifestaram sobre o caso na imprensa.

Giselle Itié foi citada pela youtuber quando revelou que tinha sido abusada e amordaçada por um diretor de novelas aos 23 anos. Na ocasião, Fontenelle postou nas redes sociais uma frase apontada como xenofóbica e racista: "Volta para o seu país, é o melhor que você faz".

A declaração de Fontenelle fez referência a nacionalidade de Giselle Itié, que nasceu no México, mas vive no Brasil desde os 4 anos. A atriz ganhou notoriedade ao participar do filme Os Mercenários no qual faz o papel de Sandra, ao lado do ator Sylvester Stallone, mas já foi destaque em novelas da Globo e da Record TV.

Após saber das ofensas, Giselle Itié abriu um processo contra a youtuber. Antônia, então, prestou depoimento na Decradi e acabou sendo indiciada.


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE