Música

Ariana Grande participa do remix de 'Save your tears', do The Weeknd

É a terceira parceria dos artistas e o clipe está disponível no YouTube, Ariana Grande e The Weeknd gravaram juntos em 2014 e no ano passado

Correio Braziliense
postado em 26/04/2021 10:25
 (crédito: AFP / Angela Weiss)
(crédito: AFP / Angela Weiss)

A nova versão do hit Save your tears, do The Weeknd, já está nas plataformas digitais e tem clipe disponível no YouTube. O remix tem a participação da cantora Ariana Grande. A faixa faz parte do repertório do aclamado álbum After hours, do cantor canadense, lançado em março de 2020.

É a terceira vez que a cantora e The Weeknd trabalham juntos. Em 2014, a dupla se juntou na música Love me harder, do álbum My everything, de Ariana. A parceria se repetiu no disco Positions, lançado por Ariana  em 2020.

Em menos de um dia, o clipe do remix de Save your tears, feito em animação, teve quase seis milhões de visualizações no YouTube. O vídeo da versão original da canção está perto das 400 milhões. Save your tears acumula mais de um bilhão de streams nas plataformas, o que rendeu ao artista um Platino duplo.

After hours

Com 14 faixas, incluindo Blinding lights e In your eyes, After hours é o quarto álbum de estúdio de The Weeknd, que levou o canadense à marca de cinco semanas consecutivas no topo da Billboard 200. Foram 444 mil unidades vendidas apenas na semana de lançamento.

Boicote no Grammy

Apesar do sucesso de After hours, o álbum não rendeu indicações no Grammy 2021. "Não existe uma ordem lá, não existe ‘vamos desprezar essa pessoa ou aquela pessoa’. Trata-se de ‘vamos tentar encontrar a excelência”, declarou o presidente interino da Academia de Gravação, Harvey Mason Jr., após acusações de boicote ao artista na escolha dos indicados à premiação.

Na época, o cantor veio a público, em postagem pelo Twitter, para criticar o prêmio Grammy. "Os Grammys continuam corruptos. Vocês devem transparência a mim, aos meus fãs e à indústria", postou o cantor na rede social.

Turnê

The Weeknd vai rodar o mundo fazendo shows de divulgação do álbum After hours. Para a alegria dos fãs brasileiros, existe a possibilidade do cantor canadense dar uma passada pelo Brasil. Segundo a produtora responsável pelos shows, novas datas foram disponibilizadas para Ásia, Austrália e América Latina, onde o Brasil provavelmente estará incluso.

A sequência de apresentações vai começar em janeiro de 2022, quase dois anos após o lançamento do disco.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE