Governo Federal

Funarte Brasília volta a estar sob gestão do Governo do Distrito Federal

Na tarde da última segunda-feira (21/6), a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e o Complexo Cultural Funarte Brasília se encontraram para alinhar ações conjuntas num Termo de Cooperação

Correio Braziliense
postado em 23/06/2021 16:00
Tamoio Marcondes e Bartolomeu Rodrigues se reuniram para acertar os termos do acordo que transfere o Complexo Cultural da Funarte para o GDF -  (crédito: Secec/Divulgação)
Tamoio Marcondes e Bartolomeu Rodrigues se reuniram para acertar os termos do acordo que transfere o Complexo Cultural da Funarte para o GDF - (crédito: Secec/Divulgação)

O Complexo Cultural Funarte Brasília encontra-se oficialmente sob a gestão da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec). Na tarde da última segunda-feira (21/6), representantes as duas instituições se encontraram na Biblioteca Nacional para alinhar ações conjuntas num Termo de Cooperação, que está em fase de construção e deve ser homologado em julho.

O Termo do Distrato, que põe fim à cessão de uso do governo federal, foi assinado pelo presidente da Fundação Nacional das Artes (Funarte), Tamoio Marcondes, e entregue ao secretário de Cultura, Bartolomeu Rodrigues. Durante este momento de transição, Marcondes afirma que a Secec irá receber um estudo, realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) de melhorias estruturais no equipamento para analisar a viabilidade de execução.

A continuidade do Complexo Cultural Funarte Brasília será imediata, recebendo o Prêmio Funarte de Artes Visuais, na Galeria Fayga Ostrower. A exposição vai ocupar a galeria de setembro a dezembro, já sob a administração da Secec. Até a chegada do mês da exibição, as instituições estarão realizando as vistorias necessárias e cumprindo uma série de formalidades requeridas. Em seguida, a Funarte pretende apresentar espetáculos selecionados para o Festival Funarte Acessibilidança. O Termo de Cooperação visa também investimentos em capacitação para artistas e um projeto especial para o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE