Cinema

Daniel Craig revela incômodo com fama após interpretar James Bond em 007

Segundo o astro, a rápida ascensão o fez sentir sob constante 'cerco'

Gustavo Soares - Especial para o Uai
postado em 13/09/2021 18:13
 (crédito: 007 - Sem tempo para morrer (foto: Divulgação))
(crédito: 007 - Sem tempo para morrer (foto: Divulgação))

O ator Daniel Craig, que atualmente vive o espião James Bond na franquia 007, contou que o papel o fez sentir “física e mentalmente sob cerco”. Objeto do documentário Being James Bond, da Apple TV+, o astro disse que inicialmente se incomodou com a fama.

“Minha vida pessoal foi afetada por ser tão famoso de repente. Eu costumava me trancar e fechar as cortinas, estava maluco", disse Craig. "Eu não gostei do novo nível de fama. Foi Hugh Jackman quem me ajudou a aceitar o sucesso e a apreciá-lo".

O astro ainda admite que ficou relutante em aceitar o papel, porque não sabia o que fazer com o personagem consagrado das telonas.

“Eu tinha feito filmes artísticos estranhos. Foi mais difícil de vender. E eu realmente não queria fazer 007. Eu pegaria o roteiro, leria e diria: 'Obrigado, mas não'. Mas eu mal sabia, era Casino Royale. A história era sólida, o roteiro era sólido", explicou Craig

 

O ator, que atualmente é o James Bond mais longevo da franquia, diz sentir muito orgulho disso. "Meu legado é o que é, mas é apenas parte de algo maior. Eu olho para os filmes e estou incrivelmente orgulhoso de cada um deles. Abandonar esta função não é fácil. Eu posso ser tão descarado e blasé quanto eu quiser, mas ainda assim é difícil me afastar. E não se trata de dinheiro e fama", contou.

"Sou incrivelmente sortudo por ter sido capaz de fazer isso. Mas eu acho que está tudo bem agora [deixar o papel], e é o motivo pelo qual fizemos esse filme", finalizou, referindo-se a 007 Sem Tempo Para Morrer, que estreia neste ano.

O último filme com Craig no papel do agente 007 está previsto para estrear em 30 de setembro, após ter sido remarcado três vezes desde o início da pandemia. Atualmente a série contém 24 filmes, tendo o primeiro sido lançado em 1962 e o último, em 2015.

Segundo a sinopse de Sem tempo para morrer, James Bond (Daniel Craig) se aposentou da vida de agente, mas sua paz é interrompida quando seu amigo Felix Leiter (Jeffrey Wright), que trabalha na CIA, pede sua ajuda, o que coloca Bond no rastro de um novo vilão armado com uma perigosa tecnologia.

O elenco conta com Léa Seydoux como Madeleine, Ralph Fiennes como M, Christoph Waltz como Blofeld e Ben Whishaw como Q. O longa é dirigido por Cary Joji Fukunaga. Confira o trailer do filme:

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE