REDES SOCIAIS

Ana Maria Braga e repórter revelam ter sido alvo de golpe por aplicativo

Fabrício Battaglin falou sobre o tema no programa após criminoso ter se passado por ele e aplicado golpe em familiar

Amanda Oliveira
postado em 04/10/2021 15:45 / atualizado em 04/10/2021 15:52
 (crédito: Reprodução/ TV Globo)
(crédito: Reprodução/ TV Globo)

O repórter Fabrício Battaglin e a apresentadora Ana Maria Braga revelaram ter sido alvo de golpe aplicado em aplicativo de mensagens. Ambos relataram sua experiência durante o programa Mais você desta segunda-feira (4/10).

O repórter contou que um golpista se passou por ele e iniciou a conversa dizendo que havia trocado de número. Em seguida, o criminoso disse ao familiar de Fabrício que precisava de dinheiro emprestado. O pedido não gerou desconfiança e o depósito bancário foi realizado. 

"A pessoa da minha família pediu para ligar, mas disseram que estava sem sinal. A pessoa (da família) tentou me ligar, mas eu estava fazendo uma reportagem para o Mais você. Não atendi o telefone, não ouvi a mensagem. A pessoa fez a transferência por Pix e estava consolidado o golpe. Isso está acontecendo por todo o país", contou.

Visivelmente revoltado, o repórter afirmou que os estelionatários costumam utilizar a mesma tática. "Não consigo esconder minha irritação porque depois de tantas reportagens explicando como não cair no golpe, como se proteger, vejo a minha família envolvida numa situação dessa. Até peço desculpas pela minha exaltação."

A apresentadora também revelou ser alvo frequente de tentativas de golpe em nome de seus filhos. "Recebo isso uma vez por semana do Pedro e da Mariana. A primeira vez que aconteceu, eu liguei para o telefone antigo [do meu filho] e ele disse que não era ele. É com a foto dele, a foto que ele usa no whatsapp! Essa pessoa sabia que eram os meus filhos porque me chamaram de mãe."

Fabrício agradeceu a Ana Maria Braga pelo espaço concedido no programa, fez um alerta para o público e deu uma dica: “Comece a fazer perguntas de ordem pessoal para ver se a pessoa que está falando com você é golpista. Espero que, sinceramente, depois dessa nossa conversa, menos brasileiros caiam no golpe que eu caí, que minha família caiu e tantos caem".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE