Crítica

Leia a crítica do longa de imagens paradisíacas: Uma janela para o mar

Drama estrelado por Emma Suárez, 'Uma janela para o mar' é assinado pelo diretor espanhol Miguel Ángel Jiménez

Ricardo Daehn
postado em 14/10/2021 12:14
Emma Suárez estrela 'Uma janela para o mar', com otimismo, entre pesados dramas -  (crédito: Imovision/ Divulgação)
Emma Suárez estrela 'Uma janela para o mar', com otimismo, entre pesados dramas - (crédito: Imovision/ Divulgação)

Crítica // Uma janela para o mar ##

A última luz no túnel

Depois do retrato de um amor extremado que cerca um marinheiro, no longa Chaika, e de investir num filme de terror (La mina), o diretor madrilenho Miguel Ángel Jiménez deposita as fichas em um exame introspectivo da desandada vida de uma cinquentona, em Uma janela para o mar.

Há placidez no apoio cromático escolhido pelo cineasta, que recorre com insistência para a dobradinha azul e branca integrada à bandeira da Grécia, país no qual o filme tem muitas cenas. Maria, a protagonista, aliás teria muito para protagonizar uma tragédia grega, mas recorre a decisões impulsivas, com a finalidade de se desvencilhar do iminente avanço de câncer.

Com andamento dramático e linguagem convencionais, o longa não oferta grandes momentos para Emma Suárez, a talentosa atriz vista no filme de Pedro Almodóvar 'Julieta'. Uma péssima escolha (que não chega a comprometer o todo) é o coadjuvante Gaizka Ugarte, intérprete de Imanol, o filho de Maria.
Num primeiro momento, repleto de climão pesado (dada a descoberta da doença), o longa guarda para o segundo ato a revelação de momentos solares e de impulsos atrelados a Maria.

Nisyros, a ilha grega para a qual a espanhola segue, parece acentuar a inteligência da personagem em administrar a derradeira fase de vida. No caminho, contará com o amor de Stefanos (Akilas Karazisis), um explorador do mar que guarda acentuadas e obscuras dores na própria existência.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE