Rust

Assistente que deu arma a Baldwin já foi demitido por incidente com disparo de arma

A diretora de fotografia, Halyna Hutchins, morreu após ser atingida por um tiro durante a gravação de uma cena do filme Rust

Pedro Grigori
postado em 25/10/2021 20:07 / atualizado em 25/10/2021 20:22
O assistente que entregou a arma a Baldwin foi demitido de uma produção após um incidente parecido -  (crédito: Angela Weiss / AFP)
O assistente que entregou a arma a Baldwin foi demitido de uma produção após um incidente parecido - (crédito: Angela Weiss / AFP)

Uma nova informação ajuda a montar o quebra-cabeças sobre o disparo acidental de uma arma que resultou na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins. O assistente de produção que entregou ao ator Alec Baldwin a arma usada na cena já havia sido demitido de outra filmagem, em 2019, por um acidente semelhante com uma pistola. 

O funcionário se chama Dave Halls e, de acordo com informações da Agence France-Presse, um produtor do filme contou que o assistente já "foi demitido do set de Freedom's Path em 2019 depois que um membro da equipe sofreu um ferimento leve quando uma arma, de forma inesperada, disparou".

Na quinta-feira (22/10), Alec Baldwin gravava uma cena do filme Rust no estado norte-americano do Novo México. Ele disparou uma arma durante um ensaio, sem saber que a mesma estava carregada. A diretora de fotografia Hutchins, 42 anos, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, foram atingidos, e a mulher não sobreviveu.

Normalmente, as cenas de tiros em filmes são feitas com armas de verdade, mas carregadas com balas de mentira. A munição é feita de festim, que só serve para imitar o barulho de um revólver real. As investigações ainda não chegaram a uma conclusão do porquê a arma estava carregada.

Alec Baldwin decidiu cancelar os próximos projetos após o acidente. Uma fonte próxima do artista contou a revista People que Baldwin teria ficado "histérico e absolutamente inconsolável por horas" e que agora procura "tirar algum tempo para si mesmo e se centrar novamente".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE